De acordo com os últimos dados divulgados pela Reuters, a Samsung Electronics pretende investir fortemente na expansão da infraestrutura de produção no México. A fabricante pretende investir US$ 500 milhões para aumentar a produção de eletrodomésticos do país, disse o ministro das Relações Exteriores do México, Marcelo Ebrard, nesta segunda-feira.

Fonte da imagem: Barbara Zandoval/unsplash.com

Sabe-se que a Ebrard prometeu investimentos para a cidade de Querétaro no centro do México, bem como para a cidade fronteiriça norte de Tijuana – pode-se supor que os produtos serão fabricados para venda não apenas no México, mas também, por exemplo, em os Estados Unidos. Detalhes sobre o que exatamente a Samsung pretende produzir nas novas instalações ainda não estão disponíveis.

Vale ressaltar que, mais recentemente, a KB Securities fez uma previsão de que o lucro da Samsung no segundo trimestre será maior do que no mesmo período do relatório em 2021, mas visivelmente menor do que os especialistas prometeram em maio. Espera-se uma queda na demanda não apenas no mercado de eletrodomésticos, mas também em TVs e smartphones. Nesse contexto, gastar meio bilhão de dólares em expansão pode parecer um projeto bastante arriscado. Os detalhes do acordo da Samsung com o governo mexicano serão anunciados posteriormente.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.