A gigante chinesa de comércio eletrônico Alibaba anunciou seus resultados para o quarto trimestre de seu ano fiscal de 2022, que terminou em 31 de março. O Alibaba encerrou os últimos três meses do ano fiscal passado com um prejuízo de US$ 2,9 bilhões, um aumento de 140% em relação ao prejuízo que a empresa sofreu no mesmo trimestre do ano anterior.

Fonte da imagem: Alibaba

Lembre-se que então as perdas da empresa se devem a uma multa recorde de US $ 2,8 bilhões, que foi cobrada do Alibaba pela Administração Estatal de Regulação do Mercado do país (SAMR) em conexão com o abuso de posição dominante no mercado de varejo online serviços de plataforma na China.

O CEO do Alibaba Group, Daniel Zhang, disse durante um relatório de desempenho da empresa que os resultados do trimestre foram amplamente afetados por uma nova onda de COVID-19 na China e a subsequente introdução de medidas estritas de quarentena pelo governo em várias regiões do país.

Ainda assim, de acordo com os resultados do exercício, a empresa obteve um lucro de US$ 7,4 bilhões, o que é 67% inferior ao do exercício anterior. A receita da empresa aumentou 19%, para US$ 134,567 bilhões. Em particular, a receita do segmento comercial chinês cresceu 18% em comparação com o ano passado, para US$ 93,497 bilhões, um segmento de nuvem – de 23% para 11,763 bilhões, um segmento de comércio internacional — por 25%, para US$ 9,635 bilhões.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.