A Daimler vai gastar € 40 bilhões até 2030 para trocar a Mercedes-Benz e outras marcas por eletricidade

A preocupação automotiva Daimler AG, dona da marca Mercedes-Benz, anunciou sua intenção de investir € 40 bilhões até 2030 no desenvolvimento de veículos elétricos. A expectativa da fabricante é que isso permitirá uma transição total para a produção de veículos elétricos até o final desta década.

Imagem: Reuters

Delineando sua estratégia de desenvolvimento, a montadora alemã anunciou sua intenção de construir oito fábricas de baterias com parceiros à medida que aumenta a produção de veículos elétricos. Presume-se que a partir de 2025 todas as novas plataformas automotivas da empresa serão apenas elétricas. Apesar da intenção de mudar totalmente para a produção de veículos elétricos, a Daimler não deu um cronograma claro para interromper a produção de carros com motores de combustão interna.

O anúncio da Daimler veio poucos dias depois que as autoridades da UE revelaram um plano ambicioso para proibir os veículos ICE a partir de 2035 na região para acelerar a transição para veículos com emissão zero. O novo plano da Daimler sugere que até 2025, 50% das vendas de automóveis da empresa serão veículos elétricos e híbridos. A montadora vai revelar três plataformas elétricas que formarão a base dos futuros carros, caminhões e supercarros.

A Daimler também adquire a empresa britânica YASA Limited, que ajudará a desenvolver motores elétricos de alto desempenho. Já as fábricas de produção de baterias para veículos elétricos ficarão localizadas na União Européia e nos Estados Unidos. A montadora também construirá uma planta de reciclagem de baterias em Kupeheim, na Alemanha, que entrará em operação em 2023.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *