A Apple alertará os usuários sobre ataques cibernéticos do “governo”

A Apple disse que continuará notificando os usuários que são vítimas de ataques cibernéticos por agências governamentais. A empresa detalhou os mecanismos pelos quais informará os proprietários de seus dispositivos sobre esses incidentes.

Fonte da imagem: Gerd Altmann / pixabay.com

O utilizador que se tornou alvo de tais ataques cibernéticos receberá notificações adequadas por e-mail, bem como em iMessages, enviando as informações necessárias para os endereços e números de telefone associados ao ID Apple. Ao visitar appleid.apple.com, o usuário também receberá uma “notificação de ameaça” detalhando o que aconteceu e quando.

A empresa enfatizou que essas notificações nunca recomendarão clicar em um link, baixar conteúdo ou compartilhar informações de login, incluindo senhas e códigos de verificação – todos os detalhes serão fornecidos apenas na página de ID da Apple. A Apple também forneceu uma lista de recursos caso o usuário tenha certeza de que foi atacado, mas não recebeu a notificação correspondente.

Esta prática não é nova. Por exemplo, o Google vem notificando seus usuários há anos quando recebe a confirmação dos fatos dos ataques cibernéticos. As explicações da Apple parecem ser relevantes à luz das preocupações sobre spyware do Grupo NSO e outros desenvolvedores – essas ferramentas são às vezes usadas por departamentos governamentais em todo o mundo para assediar ativistas e dissidentes. Lembramos que, mais recentemente, soube-se que a Apple entrou com uma ação judicial contra o Grupo NSO israelense.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *