O CEO da GlobalFoundries, a quarta maior fabricante de chips contratados do mundo, gosta de repetir que até o final da década, o mercado de semicondutores dobrará para um trilhão de dólares. Ele também está convencido de que, para superar a escassez de componentes, uma quantia comparável deve ser investida em sua produção.

Fonte da imagem: GlobalFoundries

Considerações tópicas Tom Caulfield (Tom Caulfield), segundo Seeking Alpha, esta semana compartilhado com a audiência do canal de TV CNBC. A expansão global da produção de semicondutores, segundo o chefe da GlobalFoundries, continuará sem levar em conta possíveis dificuldades macroeconômicas como os “gargalos” atualmente observados nas cadeias de fornecimento de componentes. Todos os problemas serão resolvidos mais cedo ou mais tarde, de acordo com Caulfield, e a produção de chips continuará crescendo.

Até 2024, a empresa aumentará sua capacidade de produção própria em 60% em relação aos níveis de 2020. Já a GlobalFoundries tem encomendas com dois anos de antecedência, não temendo uma possível diminuição da demanda em determinados segmentos de mercado. Em primeiro lugar, a demanda agora está caindo no segmento de PCs e smartphones econômicos, e é fracamente dependente deles. Em segundo lugar, quaisquer lacunas modestas na demanda em uma direção podem ser compensadas por outras, uma vez que a demanda global ainda excede a oferta em 20%.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.