A Biostar apresentou a placa-mãe X670E Valkyrie baseada no chipset X670E da AMD na Computex 2022. A novidade é projetada para os próximos processadores Ryzen 7000 (Raphael).

Fonte da imagem: Biostar

A fabricante ainda não divulgou todas as características técnicas da placa X670E Valkyrie. A novidade está equipada com dois slots PCIe 5.0 x16. No entanto, ao instalar duas placas de vídeo, o número de pistas PCIe dedicadas é dividido entre elas pela metade, ambos os slots funcionarão no modo x8. Um terceiro slot PCIe 4.0 x16 também é fornecido.

A novidade recebeu quatro slots M.2 para unidades de estado sólido, mas não foi especificado quantos deles suportam PCIe 5.0. No mínimo, o superior deve estar de acordo com o novo padrão. Há também um slot M.2 Key-E para módulo sem fio Wi-Fi/Bluetooth.

A novidade também afirma a presença de um adaptador de rede de 2,5 gigabits, conectores HDMI e DisplayPort, seis portas SATA III, duas USB Type-C Gen 3.2 2×2 (uma frontal, uma traseira), além de um codec de áudio Realtek e um par de conectores para iluminação ARGB. A placa também recebeu um indicador de código POST, botões de reset do BIOS, botões de inicialização e reinicialização.

É curioso que a Biostar seja a única fabricante de placas-mãe que, como parte da Computex 2022, anunciou a frequência de RAM com que seu novo produto suporta. O modelo X670E Valkyrie permite instalar quatro módulos de RAM DDR5-5600. No entanto, deve-se lembrar que a plataforma AMD AM5 pode suportar módulos de RAM ainda mais rápidos. Por exemplo, a AMD realizou sua apresentação usando memória DDR5-6000 e até DDR5-6400.

Fonte da imagem: AMD

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.