Em 2022, um par de drones de alto mar Vityaz-D irá procurar navios afundados no abismo

É relatado que um par de veículos autônomos de alto mar “Vityaz-D” em um ano será enviado em busca de navios afundados na região do Pacífico. A busca será conduzida em profundidades inacessíveis para pesquisa por qualquer outro meio. Existem dispositivos para mergulhar a superprofundidades no mundo, mas não existem análogos completamente autônomos do Vityaz-D em nenhum outro lugar.

Fonte da imagem: fpi.gov.ru

O primeiro dispositivo Vityaz-D foi construído em 2019 e confirmou a capacidade de conduzir automaticamente a exploração de longo prazo em profundidades máximas de até 11 mil metros. Em maio de 2020, durante a pesquisa do fundo da Trincheira Mariinsky, o aparelho deixou lá uma flâmula em homenagem ao 75º aniversário da vitória na Grande Guerra Patriótica. O segundo aparelho foi construído em julho deste ano e está sendo preparado para testes complexos.

Após a conclusão dos testes, os dois veículos serão enviados para busca de navios naufragados na trincheira Kuril-Kamchatka e outras regiões do Oceano Pacífico, embora o principal trabalho de Vityaz-D seja mapear o fundo do mar e estudar o ambiente marinho em áreas de mergulho, incluindo biodiversidade.

Veículos não tripulados “Vityaz-D” com controles com elementos de inteligência artificial. Eles podem tomar suas próprias decisões sobre manobras em condições difíceis, e o relevo de fundo, que conseguem chegar, fica infinitamente longe de uma área plana de asfalto nas ruas das cidades. Devido à sua alta manobrabilidade e à possibilidade de uma longa permanência em profundidade (pelo menos três horas), os satélites Vityaz-D são capazes de reconhecer uma área impressionante da superfície inferior – esta é uma combinação inestimável para pesquisa e pesquisa operações, e a busca por navios naufragados parece ser uma forma interessante de monetizar pesquisas caras e produção nesta direção.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *