A Sony deve encerrar o acesso a centenas de filmes e programas de TV no próximo mês em seu serviço de distribuição digital PlayStation Store. Essa restrição afetará os usuários da Alemanha e da Áustria, que ficarão privados de acesso a conteúdo digital anteriormente pago produzido pela empresa cinematográfica francesa Studio Canal.

Fonte da imagem: Lionsgate

A restrição entrará em vigor em 31 de agosto, um ano depois que a Sony parou de vender filmes e programas de TV na PlayStation Store. Nesse momento, representantes da empresa garantiram que os clientes teriam acesso a todo o conteúdo adquirido anteriormente.

E em um anúncio recente no site alemão da PlayStation Store, é relatado que devido a problemas de licenciamento com provedores de conteúdo, filmes e séries comprados anteriormente do Studio Canal serão removidos das bibliotecas dos usuários.

De acordo com a principal revista semanal americana Variety, a restrição, que entra em vigor no final do verão, afetará 314 produtos de entretenimento para o mercado alemão e 137 unidades para a Áustria. A lista inclui filmes e séries de diferentes anos e gêneros: A Fuga das Galinhas, John Wick, La La Land, Saw, Logan’s Luck e outros. Ainda não está claro se haverá alguma compensação aos usuários que compraram versões digitais de filmes anteriormente.

The Verge acredita que essa restrição da Sony serve como um lembrete importante de que, ao comprar uma versão digital de um produto de entretenimento, a propriedade muitas vezes depende de ter “os acordos de licenciamento corretos”. A propriedade garantida de um determinado produto de entretenimento ainda é dada apenas por uma cópia física (mas nem sempre).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.