Livestreamers chineses precisam de qualificações para discutir tópicos especializados

Os reguladores chineses anunciaram que os influenciadores online formadores de opinião agora devem ser qualificados para falar sobre certos tópicos, incluindo direito e medicina. A lista de novas restrições não termina aí.

Fonte da imagem: Jean Beller/unsplash.com

Para criar conteúdo que exija um “alto nível profissional”, os autores das transmissões online precisarão ter as habilidades adequadas. Isso foi afirmado em um comunicado de imprensa conjunto da Administração Estatal de Rádio e Televisão da China e do Ministério da Cultura e Turismo local.

Ao mesmo tempo, os organizadores das transmissões devem fornecer aos representantes das plataformas utilizadas provas das qualificações adequadas. As novas regras visam limpar o setor de streaming extremamente popular, que é dominado por grandes empresas locais como Tencent, Alibaba e ByteDance. De acordo com a CNBC, os influenciadores costumam usar essas plataformas para vender produtos, inclusive virtuais, e alguns deles podem ganhar muito dinheiro em questão de horas.

Nos últimos 16 meses, a China tomou várias medidas no setor de tecnologia, limitando principalmente os poderes dos gigantes locais da tecnologia. Paralelamente, o país tenta organizar um controle mais rígido sobre o segmento de videogames, transmissões online e celebridades da internet. No mês passado, os reguladores proibiram crianças menores de 16 anos de assistir a transmissões online após as 22h e comprar presentes virtuais de streamers. As regras mais recentes estabelecem um “código de conduta” para formadores de opinião.

Além de criticar as autoridades, os influenciadores estão proibidos de usar deepfakes para distorcer informações sobre partidos e funcionários do governo. Além disso, é proibido exibir o consumo de alimentos esbanjador com excesso de desperdício de alimentos, muitos bens de luxo ou um estilo de vida incomum enfatizado. Além disso, o conteúdo não deve ser sexualmente provocativo.

avalanche

Postagens recentes

A Intel testou a própria placa de vídeo Arc A380 sem referência e a chamou de uma boa opção para jogos convencionais

No laboratório da Intel, havia um acelerador gráfico de desktop GUNNIR Arc A380 Photon em…

36 minutos atrás

Vendas de PCs em 2022 podem cair abaixo de 300 milhões de unidades

No início de junho, especialistas da IDC disseram que a queda nas vendas de PCs…

51 minutos atrás

Yandex Maps ajudará pessoas com deficiência

Uma ferramenta apareceu no Yandex Maps, com a qual qualquer pessoa pode adicionar dados sobre…

52 minutos atrás

Yandex Maps ajudará pessoas com deficiência

Uma ferramenta apareceu no Yandex Maps, com a qual qualquer pessoa pode adicionar dados sobre…

53 minutos atrás

Funcionários da Samsung já estão testando One UI 5.0 beta

Os usuários móveis da Samsung estão ansiosos pelo One UI 5.0 beta, pois será sua…

55 minutos atrás