23 de setembro de 2020

Avalanche Notícias

Você conectado com o mundo

“Isso é inconveniente”: a Apple permitiu que o xCloud rodasse na App Store, mas a Microsoft não está feliz com a implementação

2 min read

A Apple atualizou as regras da App Store para permitir que serviços de streaming de jogos como o Project xCloud e o Google Stadia sejam executados em iOS e iPadOS. Ela apenas deseja que os parceiros baixem seus jogos separadamente como aplicativos autônomos. Claro, a Microsoft (como o Google) pode criar algum tipo de aplicativo de diretório que coletará links para todos os jogos em streaming na App Store. Mas ela faria?

«Ainda é inconveniente para os clientes, disse um porta-voz da Microsoft ao The Verge em um comunicado. – Os jogadores desejam ir direto para o jogo de seu catálogo em um único aplicativo, como fazem com filmes ou músicas, sem ter que baixar mais de cem aplicativos para jogar jogos individuais da nuvem. Nós nos esforçamos para colocar os jogadores no centro de tudo o que fazemos e fornecer conveniência está no centro de nossa missão. ”

Se a Microsoft concordasse com os termos da Apple, a corporação teria que deduzir 30% das compras em cada jogo Xbox Game Pass disponível no serviço de nuvem Project xCloud. No entanto, a participação pode mudar em breve, já que a comissão está atualmente em disputa legal entre a Apple e a Epic Games. Esta questão também atraiu a atenção dos reguladores dos EUA e da União Europeia.

Além disso, a Microsoft não mencionou apenas o streaming de filmes e músicas por um motivo. A Apple não restringe esse conteúdo da mesma forma que os jogos. Com a App Store da Netflix, Disney Plus ou Spotify, você não precisa definir cada filme, série de TV ou álbum em um aplicativo separado. A Apple está bem ciente de que os jogos podem gerar muito mais receita com compras no aplicativo.

Mas talvez um dia a empresa de Cupertino esteja pronta para acomodar serviços de streaming de jogos de terceiros de uma forma que seja conveniente para o consumidor final.

A Microsoft lançará o serviço em nuvem, com o codinome Project xCloud, como parte do Xbox Game Pass Ultimate em 15 de setembro. Até agora, ele estará disponível apenas em 22 países e em dispositivos Android.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *