Insider: BioWare pode escolher Unreal Engine 5 para novo efeito de massa

mjmynzqznjm2mgjmmtexyjuwyzvjmju5nzk1yzflyzfmndnly2q4zdhknjjhmzayzda3mzfkzjjkntm5yti1zq-7545470

A nova parte do Mass Effect pode mudar o motor, disse o insider Jeff Grubb (Jeff Grubb). Ele observou que a BioWare e a Electronic Arts estão agora preparando a base técnica do projeto e, ao que parece, estão prontas para se separar do Frostbite.

Fonte: BioWare

O jornalista baseia sua suposição em dados de suas fontes e na posição do CTO da BioWare, que inclui a experiência com o Unreal Engine entre os requisitos.

Três partes de Mass Effect foram executadas com base no motor da Epic Games. BioWare então usou Frostbite, que a DICE criou para Battlefield: Dragon Age: Inquisition, Anthem e Mass Effect: Andromeda foram desenvolvidos a partir dele.

Grubb acrescentou que a editora estava tentando economizar usando o Frostbite, porque o motor é de desenvolvimento da própria empresa. Mas criar um RPG nele acabou sendo uma tarefa difícil, e os autores gastaram muito tempo implementando mecânicas simples.

A EA anunciou oficialmente a nova peça em dezembro de 2020, mas não revelou o nome – o quinto Mass Effect seguido continua sem legenda ou número no título. A julgar pelo trailer, a nova parte continuará a história do terceiro jogo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *