A primeira imagem oficial apareceu na rede, tirada em um smartphone com sensor Samsung ISOCELL HP1 de 200 megapixels, uma versão mais cara do sensor HP3 com pixels maiores, que ainda não foi colocada à venda.

Fonte da imagem: Motorola Mobile

A HP1 tem pixels de 0,64µm contra 0,56µm da HP3 – no caso de sensores de câmera, pixels maiores geralmente significam melhor qualidade de imagem. Segundo alguns relatos, ambos os sensores apresentam problemas para tirar fotos com pouca luz, mesmo “combinar” vários pixels pequenos em um grande não ajuda.

O sensor HP1 não é muito grande em 1/1,22 polegadas e é equivalente em tamanho ao usado no Moto X30 Pro. O Weibo afirma que, neste caso, mesclar quatro pixels em um fornece melhor qualidade de imagem do que 9 em 1 com um sensor de 108 megapixels. Alguns usuários que examinaram cuidadosamente a imagem já encontraram problemas com a nitidez da imagem, provavelmente devido à aberração da lente. Uma foto de amostra tirada em 50 megapixels pode ser encontrada no Weibo (tamanho da foto acima de 13 MB).

Se o problema for mesmo na ótica, é bem possível que outro smartphone tenha uma qualidade de imagem completamente diferente, já que até lentes do mesmo fabricante de tipos diferentes podem variar bastante. Além disso, são necessárias mais fotos nesta câmera específica para confirmar que o problema é recorrente e pode ser visto por todos.

Igualmente importante é a relação preço/qualidade. Se vale a pena apresentar demandas crescentes em um smartphone, pode depender de quanto custará a nova série Motorola Edge no momento do lançamento.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.