Agência Espacial Européia encomenda o desenvolvimento de transporte orbital por € 4,5 bilhões

yzc5oteznju3mgeyy2mwmmniywezntm0nzvlzwi4mzi4ogi1ntu1odvhotjmngq0mmq2mzzmytkxnte0mjaxyg-9951420

Ficou sabendo que a Agência Espacial Européia (ESA) e a Thales Alenia Space assinaram um contrato no valor de € 4,5 bilhões, sob o qual um transporte será desenvolvido para entregar cargas da órbita baixa da Terra à lua. A agência de notícias TASS escreve sobre isso com referência à mensagem da empresa Thales.

«A Thales Alenia Space e a ESA assinaram um contrato de 4,5 bilhões de euros para o estudo de um Veículo de Transferência Cis-Lunar projetado para realizar uma ampla gama de missões relacionadas à logística ”, disse Thales.

De acordo com os dados disponíveis, o transporte orbital está planejado para ser usado para reabastecer módulos selados da futura estação lunar do Portal Lunar, transportar várias cargas em órbita terrestre baixa, bem como levá-las à órbita lunar e à superfície do satélite.

Além disso, o transporte deve ser compatível com os módulos que a Thales está desenvolvendo em conjunto com a agência espacial americana NASA, ESA e a agência espacial italiana. Estamos a falar dos módulos de aterragem lunar EL3 para carga e HLS para pessoas, do módulo de acomodação I-HAB, do módulo de comunicação e reabastecimento ESPIRIT e de outros elementos que farão parte da infraestrutura do Portal Lunar.

Presume-se que o desenvolvimento de um conceito preliminar de transporte orbital estará concluído até meados deste ano, sendo que no final de 2022 apresentará sua versão final. Se a versão do conceito for aprovada, a empresa dará início a um desenvolvimento completo, que envolve a criação de protótipos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *