A maior rede varejista americana Walmart começou a vender bitcoins

A maior rede de atacado e varejo do mundo, a empresa americana Walmart, lançou um projeto piloto para fornecer a seus clientes a capacidade de comprar bitcoins nos quiosques da Coinstar, que estão presentes em muitas de suas lojas nos EUA.

O piloto é parte de uma parceria mais ampla entre a Coinstar, um fabricante de máquinas que permite aos clientes resgatar moedas por notas de papel ou cartões-presente, e a operadora de caixas eletrônicos com sede nos EUA Coinme, que vende bitcoin em mais de 8.000 quiosques nos EUA, 200 de que estão nas lojas do Walmart.

A iniciativa foi relatada pela primeira vez pelo recurso CoinDesk, cujo representante testou o serviço. Os clientes que compram bitcoins em vez de notas de dólar recebem um voucher no quiosque Coinstar que pode ser trocado por bitcoins menos uma taxa de serviço de 4%. Observe que os clientes devem primeiro criar uma conta na rede da operadora Coinme e passar pela verificação de dados para resgatar o voucher.

Sam Doctor, diretor de estratégia e chefe de pesquisa da corretora de criptomoedas BitOoda, em entrevista à Bloomberg, observou que ATMs bitcoin já estão disponíveis em lojas e shoppings em diferentes partes do mundo, mas o Walmart está expandindo o acesso aos bitcoins para mais pessoas e aumentando a legitimidade da criptomoeda aos olhos dos céticos.

«Esta é uma forma cara de comprar bitcoin, mas reduz a barreira de entrada de novos compradores ”, acrescentou Doctor.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *