Um trem de passageiros com célula de combustível de hidrogênio foi testado pela primeira vez na França

O trem Coradia iLint chegou recentemente à França vindo da Alemanha, o primeiro trem de passageiros do mundo a funcionar exclusivamente com células a combustível de hidrogênio, sem fontes de alimentação adicionais.

France24.com

Construído pela empresa francesa Alstom, o trem foi testado pela primeira vez em 6 de setembro na França. Segundo o ministro dos Transportes, Jean-Baptiste Djebbari, o trem representa o transporte do futuro. Segundo o ministro, hoje 45% da rede ferroviária francesa não é eletrificada, por isso o uso da alternativa do hidrogênio é certamente importante para o país, e no futuro poderá conquistar o mercado da UE e de todo o mundo.

O trem usa células de combustível para converter o hidrogênio armazenado no telhado em eletricidade. Durante a viagem, apenas água e vapor são liberados. A França já encomendou 14 trens, que estarão operacionais em 2025. Os idealizadores do projeto esperam que, com o tempo, a tecnologia substitua todas as 1.200 locomotivas a diesel que circulam nas ferrovias do país.

Hoje em todo o mundo existem muitos projetos de hidrogênio em vários estágios de preparação, os proponentes da tecnologia acreditam que ela se tornará um elemento vital, permitindo no futuro parar completamente a poluição da atmosfera com óxidos de carbono.

No entanto, a maior parte do hidrogênio ainda é produzida usando hidrocarbonetos, e o gás verde e ecologicamente correto é muito mais caro de se produzir. No entanto, a UE pretende aumentar a sua produção, para o efeito, nos próximos 30 anos será gasto parte dos 470 milhões de euros atribuídos a iniciativas ambientais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *