dom. mar 29th, 2020

Avalanche Notícias

Você conectado com o mundo

Dois satélites removidos do grupo orbital do sistema GLONASS

1 min. de leitura


Tornou-se conhecido que dois satélites do sistema de navegação doméstico GLONASS, que haviam falhado anteriormente, foram completamente desativados. O aviso correspondente é publicado no site do GLONASS Information and Analytical Center.

“De acordo com o centro de controle do sistema GLONASS, 24/03/2020 trabalham com a sonda Glonass-M nº 717 (décimo ponto) e a sonda Glonass-M nº 742 (quarto ponto) foi interrompida. As naves espaciais foram removidas do grupo orbital GLONASS ”, diz a notificação na página do Centro de Informação e Análise GLONASS.
Vale ressaltar que a sonda Glonass-M nº 717 é uma das mais antigas da constelação orbital do sistema de navegação. Ele e outro satélite foram lançados em órbita em 2006. Vale ressaltar que, apesar do período de operação de 7 anos garantido pelo fabricante, o dispositivo deixou de funcionar apenas em 2019. A segunda sonda lançada em órbita em 2006 está atualmente em reserva. Quanto ao satélite “Glonass-M” nº 742, ele está em órbita desde 2011 e falhou no ano passado. Um satélite semelhante para substituir o aparelho no 742 foi lançado no espaço sideral em dezembro de 2019.
Atualmente, a constelação orbital do sistema de navegação russo GLONASS é formada por 27 naves espaciais. Apenas 24 satélites são usados ​​para a finalidade a que se destinam, uma vez que são suficientes para a cobertura global de toda a superfície do nosso planeta.
.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *