20 de setembro de 2020

Avalanche Notícias

Você conectado com o mundo

Os centros de dados subaquáticos experimentais da Microsoft são oito vezes mais confiáveis ​​do que seus homólogos terrestres

2 min read

A Microsoft concluiu o experimento de datacenter subaquático do Project Natik. Os resultados mostraram que este modelo de operação não só é viável, mas também mais confiável do que data centers terrestres. Escreve sobre este Techcrunch.

O Projeto Natik visa enfrentar os desafios de localização de data centers em áreas costeiras ao redor do mundo. Isso pode resolver o problema de escalar a rede e melhorar seu desempenho, mantendo baixos os custos de manutenção do equipamento.

A empresa removeu o data center subaquático no início do verão, após o qual os especialistas começaram a estudar a tecnologia e o ar interno. Os servidores submarinos não apenas tiveram um bom desempenho, mas também provaram ser oito vezes mais confiáveis ​​do que os servidores terrestres. Os pesquisadores ainda não sabem o que causou isso, mas pretendem localizá-lo e implementar as melhorias necessárias no terreno.

Além disso, os especialistas observaram o aumento da eficiência energética dos data centers subaquáticos. Sua localização permite economizar energia no resfriamento artificial de servidores. Isso é especialmente importante para regiões com infraestrutura de energia fraca. Por exemplo, nas Ilhas Orkney (Escócia), as fontes de energia renováveis ​​são usadas principalmente – eólica e solar, que não são suficientes para um data center terrestre.

No futuro, a Microsoft pretende explorar a questão do aumento do tamanho dos servidores, bem como combiná-los para expandir os recursos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *