A pandemia, com sua mudança forçada para o teletrabalho, obrigou muitos empregadores a repensar a necessidade de manter prédios de escritórios em áreas caras. Algumas empresas decidiram mudar do Vale do Silício para áreas com infraestrutura mais barata. O exemplo mais recente é a HPE, que decidiu mudar sua sede para Austin, Texas.

Fonte da imagem: CNBC

Até agora, a Hewlett Packard Enterprise estava sediada em San Jose, Califórnia, e estava presente na área da baía de São Francisco. A empresa foi formada em 2015 por meio da divisão da Hewlett Packard, que se originou em 1939 em Palo Alto, Califórnia. Esta semana, um dos residentes de longa data do Vale do Silício anunciou sua decisão de mudar sua sede para a capital do Texas – Austin, onde a HPE já tem cerca de 2.600 funcionários.

Os representantes da HPE anunciaram isso na conferência de relatórios trimestrais. Não foi especificado quantos funcionários serão afetados pela mudança, mas a HPE promete fazer sem demissões. O HPE Research Center permanecerá em San Jose, enquanto a administração central será transferida para Austin. Funcionários de outras divisões da HPE espalhados pela Califórnia se mudarão para as áreas desocupadas em San Jose. Isso reduzirá o custo de manutenção e aluguel de imóveis comerciais em um dos estados mais caros do país.

No último trimestre, a HPE conseguiu manter a receita próximo ao nível do mesmo período do ano passado – 21 bilhões, embora esse resultado tenha superado as expectativas dos analistas. No trimestre atual, a empresa espera ganhar US $ 84 bilhões, o que é consistente com a queda sazonal, mas, neste caso, supera as expectativas do mercado. A empresa é especializada na prestação de serviços ao setor corporativo, que enfrenta tendências contraditórias em meio à pandemia; desde o início do ano, as ações da HPE perderam 29% de preço, a publicação do relatório trimestral não teve muito impacto na dinâmica.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *