Empresa australiana usa Samsung Galaxy Watch 4 para monitorar a saúde do funcionário e combater o COVID-19

A Samsung Austrália anunciou o teste do serviço Vital Monitoring System (VMS) com o Galaxy Watch 4. O serviço faz parte de uma plataforma em nuvem desenvolvida em colaboração com a Deakin University da Austrália, o National Institute of Trauma Surgery e a SaniteX Global para monitorar a saúde dos funcionários. Conforme concebido, deve ajudar a resistir melhor à pandemia COVID-19.

Androidcentral.com

O VMS foi projetado para empregadores e próprios funcionários. Seu uso proporcionará um maior nível de segurança do trabalhador ao coletar informações relacionadas à sua saúde por meio do Galaxy Watch 4, por exemplo, informações sobre a frequência cardíaca e o nível de saturação de oxigênio no sangue (SpO2). Você pode passar por um mini-exame antes de chegar ao local de trabalho, sem sair de casa.

Os empregadores que usam o sistema forçarão os funcionários a conectar o Galaxy Watch 4 à nuvem VMS. Os dados recolhidos pelos sensores serão combinados com os resultados de inquéritos diários, após os quais, caso o colaborador tenha passado com sucesso na “verificação”, receberá um código QR que lhe permite chegar ao local de trabalho. Assim, os funcionários que poderiam estar potencialmente doentes não conseguirão trabalhar e, portanto, poderão infectar outras pessoas.

É importante ressaltar que todas as informações de saúde são criptografadas e disponibilizadas apenas aos médicos, não podendo o próprio empregador ter conhecimento das mesmas. O VMS funciona apenas como uma ferramenta de monitoramento de saúde projetada para reduzir os riscos no local de trabalho, não permite que os empregadores rastreiem os funcionários. De acordo com a Samsung, a plataforma VMS atende aos mais rígidos padrões de privacidade médica.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *