27 de setembro de 2020

Avalanche Notícias

Você conectado com o mundo

Rumores: os autores do remake de Demon’s Souls não irão restaurar o local perdido

2 min read

O modelador Lance McDonald em seu microblog chamou a atenção para um detalhe que apareceu no trailer do gameplay de ontem para o remake de Demon’s Souls, que pode irritar os fãs.

O mundo de Demon’s Souls é dividido em áreas entre as quais o usuário se move usando os obeliscos localizados no local central. Existem seis no jogo original, mas um deles está quebrado e inacessível para interação.

Os fãs aprenderam há muito tempo que todo um local esculpido está escondido atrás da pedra destruída (no final de agosto MacDonald até mesmo a mostrou) chamada de “O Limite do Norte” – a terra dos gigantes.

Os jogadores esperavam que os desenvolvedores do remake da Bluepoint Games e SIE Japan Studio devolvessem a área perdida para Demon’s Souls, mas aparentemente não o destino – no trailer, o querido obelisco ainda está quebrado.

Nos comentários sob a postagem do McDonald’s, os usuários começaram a buscar uma explicação para o que aconteceu: alguns estão esperando que uma missão de restauração de pedras apareça no remake, outros acreditam que desta forma os jogadores estão sendo preparados para uma expansão no espírito de Bloodborne.

O lançamento do remake de Demon’s Souls é esperado simultaneamente com o lançamento do PlayStation 5: em 12 de novembro deste ano nos EUA, Japão, Canadá, México, Austrália, Nova Zelândia e Coreia do Sul, e em 19 de novembro no resto do mundo.

Ao contrário da informação dada no trailer de ontem, o Demon’s Souls atualizado ainda será um exclusivo do PlayStation 5. A Sony atribuiu a menção de PCs e outros consoles no vídeo a “erro humano”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *