O chefe do Instagram concordou em testemunhar no Senado dos EUA

O chefe do Instagram, Adam Mosseri, deve testemunhar perante uma comissão do Senado dos EUA em dezembro. Ele aparecerá no Online Child Protection Hearing Series, que começa em 6 de dezembro e dura uma semana.

Fonte da imagem: Solen Feyissa / pixabay.com

«Ele é o chefe do Instagram, e a nação está se perguntando por que o Instagram e outras plataformas de tecnologia criaram tanto perigo e causaram tantos danos ao transmitir conteúdo tóxico para crianças usando esses algoritmos extremamente poderosos ”, disse o senador Richard Blumenthal, cofundador do série.

Mosseri testemunhará após as revelações da ex-funcionária do Facebook, Frances Haugen. Segundo ela, pesquisa realizada pela própria empresa mostrou que “a classificação baseada na interação pode levar as crianças de tópicos inofensivos, como receitas de alimentação saudável … a conteúdos que promovam a anorexia em um curto período de tempo”. Recentemente, Antigone Davis, chefe de segurança da Meta (dona do Instagram), disse que as informações sobre os perigos potenciais do serviço para adolescentes eram extremamente exageradas.

Após o testemunho de Davis, o senador Blumenthal escreveu ao chefe da Meta, Mark Zuckerberg, pedindo a ele ou a Mosseri que falassem por conta própria. O político sugeriu que a empresa “forneceu testemunhos falsos ou imprecisos sobre as tentativas de ocultar suas pesquisas”. Mosseri testemunhará no Congresso pela primeira vez e Blumenthal quer convidá-lo a tornar transparentes os algoritmos de classificação e recomendação do Instagram – isso permitirá que os especialistas entendam se a plataforma está promovendo conteúdo potencialmente perigoso e, em caso afirmativo, como. Após audiências anteriores, executivos da Snap, TikTok e YouTube assumiram compromissos semelhantes. O senador também quer saber como funcionam os sistemas de recomendação do Instagram e como eles podem levar as crianças “a perigosas tocas de coelho”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *