Ontem, analistas da IDC disseram que as vendas de smartphones podem cair 3,5% este ano, já que o declínio global da demanda é exacerbado pelos processos correspondentes no mercado chinês. Os representantes da MediaTek não desanimam a esse respeito, pois estão prontos para apostar no mercado de eletrônicos indiano.

Fonte da imagem: Mediatek

Como Anku Jain, diretor administrativo da MediaTek India, disse ao canal de TV Bloomberg, nos últimos dois anos, o consumo de dispositivos eletrônicos no mercado local aumentou acentuadamente e essa tendência deve continuar nos próximos anos. Os processadores da MediaTek dominam o mercado global em smartphones abaixo de US$ 200 e, nesse sentido, a Índia possui um potencial de crescimento significativo para os negócios do desenvolvedor de processadores de Taiwan.

Um estímulo adicional para o desenvolvimento do mercado indiano é a expansão das redes celulares, que se preparam para migrar para os padrões 5G. Além dos smartphones, as TVs têm demanda estável no mercado local, para o qual a MediaTek também fornece processadores. Após o fim da pandemia, segundo um representante da MediaTek, a demanda por eletrônicos na Índia continuará crescendo. A participação de processadores mais caros dessa marca no mercado local também aumentará. A MediaTek agora emprega mais de 700 engenheiros na Índia, e a empresa pretende expandir sua equipe de desenvolvedores locais. A cooperação com fabricantes chineses de smartphones e outros parceiros está se aprofundando ativamente. Em todo o mundo, cerca de 2 bilhões de dispositivos baseados em processadores MediaTek são produzidos anualmente, e a empresa direciona até um quarto de toda a receita para desenvolvimento e pesquisa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.