A Jingjia Micro da China concluiu o projeto de sua própria GPU, que pode competir com a GeForce GTX 1080

Mais de dois anos após o anúncio inicial, a empresa chinesa Jingjia Micro anunciou a conclusão da fase de design da GPU JM9. De acordo com o fabricante, uma das GPUs desta série é capaz de suportar o processador gráfico NVIDIA, que é a base da placa de vídeo GeForce GTX 1080, informou o portal MyDrivers com referência ao fabricante.

Fonte da imagem: VideoCardz

A Jingjia Micro divulgou um comunicado em 14 de setembro anunciando a conclusão da fase de design de chips gráficos de próxima geração. Os produtos ainda não passaram pela fase de testes. Em outras palavras, eles ainda não estão prontos para produção em massa e venda como parte de placas de vídeo.

Deve-se lembrar que a Jingjia Micro planejava lançar a série JM9 de GPUs até o final de 2020. No entanto, durante a fase de desenvolvimento, o fabricante enfrentou uma série de dificuldades.

A série de GPUs JM9 inclui duas GPUs. De acordo com a empresa, o JM9231 é uma GPU básica com o nível de desempenho da GeForce GTX 1050. O chip tem freqüência acima de 1,5 GHz, oferece suporte para PCIe 3.0 x16, 8 GB de memória GDDR5 e vídeo HDMI 2.0 e DisplayPort 1.3 interfaces. … O chip pode ser usado em placas de vídeo com TDP de 150 watts. Potência de computação prevista – 2 teraflops.

Para a versão mais poderosa da GPU JM9271, a empresa afirma uma frequência de 1,8 GHz e suporte para a interface PCIe 4.0 x16. As placas de vídeo baseadas nele podem ser equipadas com 16 GB de memória HBM e consumir até 200 watts. O nível declarado de desempenho da GPU em operações de precisão simples é de 8 teraflops, que é menor do que a GeForce GTX 1080, que tem 8,9 teraflops.

Observe que as informações fornecidas pela Jingjia Micro refletem o desempenho computacional, não o desempenho de jogos. Na verdade, as GPUs da série JM9 nem mesmo têm suporte para APIs DirectX e Vulkan. Em outras palavras, eles não são adequados para jogos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *