A divisão Reality Labs da empresa Meta* especializada em tecnologias de realidade aumentada e virtual para o trimestre II apresentou receita de US$ 452 milhões — no trimestre I esse indicador foi de US$ 695 milhões. o nível de US$ 2,81 bilhões.

Fonte da imagem: oculus.com

Uma perda tão impressionante não é um resultado tão ruim: há três meses era de US$ 2,96 bilhões, e analistas previam US$ 3,67 bilhões para este trimestre. – Meta* prevê que no terceiro trimestre cairá novamente. No entanto, tudo isso não incomoda Mark Zuckerberg, o chefe da empresa: ele repetiu mais uma vez que os indicadores do Reality Labs fazem parte da estratégia de longo prazo da empresa para desenvolver tecnologias de metaverso, e isso é mais importante do que o lucro momentâneo. “O desenvolvimento dessas plataformas gerará centenas de bilhões, senão trilhões [de dólares] de receita ao longo do tempo”, disse Zuckerberg.

No final de 2021, o Reality Labs perdeu US$ 10,2 bilhões em receita de US$ 2,3 bilhões, e a empresa disse que gastará ainda mais nessa área nos próximos anos. Durante o último relatório trimestral, o chefe da Meta* disse que, ao fazer isso, “as bases estão sendo lançadas para uma década de 2030 muito bem-sucedida”. A receita total da empresa no segundo trimestre foi de US$ 28,8 bilhões, um pouco menos do que os US$ 28,9 bilhões previstos pelos analistas.Ao mesmo tempo, o lucro ajustado por ação para o período do relatório foi de US$ 2,46 contra os US$ 2,54 previstos. Após o relatório trimestral, as ações da Meta* caíram 4%, para US$ 163,25, uma queda de mais de 50% no acumulado do ano.

* Está incluído na lista de associações públicas e organizações religiosas em relação às quais o tribunal tomou uma decisão final para liquidar ou proibir atividades com base na Lei Federal nº 114-FZ de 25 de julho de 2002 “Sobre o combate ao extremismo atividade”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.