Após meses de debate, o US Chip Act finalmente foi aprovado pelo Congresso e aguarda a assinatura do presidente dos EUA. As possíveis consequências da iniciativa estão agora tentando prever toda a indústria global de semicondutores, embora os desenvolvedores de semicondutores taiwaneses acreditem que é improvável que os subsídios dos EUA de US$ 52 bilhões afetem de alguma forma sua estratégia futura.

Fonte da imagem: mediatek.com

Os desenvolvedores de chips taiwaneses estão acostumados a confiar em fabricantes locais em todos os estágios. Empresas que operam sem instalações de produção próprias tendem a concordar com a opinião do fundador da maior empreiteira de semicondutores TSMC, Morris Chan (Morris Chang): os fundos alocados sob o Chip Act são muito pequenos para ter um impacto perceptível mesmo na indústria americana – as tecnologias avançadas requerem recursos mais significativos. Líderes do setor como AMD, NVIDIA e Qualcomm concordam com eles: na opinião deles, os subsídios descritos na lei dão muita atenção ao setor manufatureiro, e isso é injusto para os players sem fábrica.

De todos os fabricantes de microeletrônicos dos EUA, os fabricantes de chips analógicos, liderados pela Texas Instruments, provavelmente serão os que mais se beneficiarão da nova iniciativa e terão o maior impacto sobre os players taiwaneses. A ironia é que é nesse segmento que a indústria americana se sente confiante, já tendo vantagem sobre os concorrentes taiwaneses.

Nesse contexto, as ações recentes da maior desenvolvedora taiwanesa representada pela MediaTek são simbólicas: a empresa assinou um contrato de fabricação de chips com a Intel Foundry Services e anunciou a criação de um novo centro de desenvolvimento de chips em uma das universidades americanas de Indiana. As ações da MediaTek são interpretadas como uma tentativa de encontrar um equilíbrio no contexto do crescente confronto entre Estados Unidos e China, especialmente porque a maioria dos consumidores dos produtos da empresa está localizada na China. Assim, outros desenvolvedores taiwaneses sem fábrica, aparentemente, agora terão que levar em conta o fator geopolítico com mais cuidado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.