A empresa de criptomoedas Tether anunciou sua intenção de lançar uma stablecoin atrelada à libra esterlina britânica no próximo mês. A própria Grã-Bretanha pensou em tal ferramenta.

Fonte da imagem: tether.to

Stablecoins são criptomoedas criadas para manter uma taxa de câmbio estável em relação a uma das moedas ou outra mercadoria valiosa, como ouro. Esses ativos digitais permitem que os comerciantes de criptomoedas evitem a volatilidade que inevitavelmente acompanha o bitcoin e outros ativos digitais. Criada pela Tether, registrada nas Ilhas Virgens Britânicas, a stablecoin atrelada ao dólar é a terceira maior criptomoeda em termos de capitalização, com um faturamento de US$ 68 bilhões, lastreada em dólares e títulos do governo dos EUA.

Enquanto isso, no Reino Unido, está sendo discutida uma lei que dará a alguns departamentos o poder dos reguladores para supervisionar as stablecoins – o país planeja usar o potencial do blockchain e das criptomoedas para trabalhar com os consumidores. Tether CTO Paolo Ardoino (Paolo Ardoino) expressou sua vontade de cooperar com as agências britânicas.

Até agora, a Tether não apenas emitiu stablecoins atreladas ao dólar em circulação: a empresa também possui ativos digitais equivalentes a euros, yuan chinês offshore, pesos mexicanos e ouro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.