25 de setembro de 2020

Avalanche Notícias

Você conectado com o mundo

O Facebook ameaçou desativar a capacidade de compartilhar notícias na Austrália

2 min read

A rede social Facebook alertou seus usuários australianos sobre o possível bloqueio da capacidade de compartilhar notícias caso o país passe um código para participantes do mercado de mídia, obrigando a empresa a pagar as editoras locais pelo conteúdo publicado.

«Se este projeto de código se tornar lei, lamentamos desativar a capacidade de compartilhar notícias locais e internacionais para todos os usuários do Facebook e Instagram na Austrália ”, disse a empresa em um comunicado.

Lembramos que o Facebook não concorda com as disposições do código de participantes do mercado de mídia, que está sendo desenvolvido pela Comissão Australiana de Concorrência e Proteção ao Consumidor (ACCC). Se o código for aprovado pelo governo do país, o Facebook e outras empresas de tecnologia serão obrigados a pagar a mídia e editores australianos pelo conteúdo de notícias que publicam. A empresa argumenta que o conteúdo jornalístico “não é uma fonte significativa de receita” e que a lei só vai prejudicar a dinâmica de interação entre as redes sociais e as mídias.

O comunicado notou que os meios de comunicação na Austrália e em outros países estão se beneficiando com seu conteúdo no Facebook, o que permite que as empresas de mídia vendam mais assinaturas e aumentem sua receita de publicidade. Por exemplo, nos primeiros cinco meses deste ano, os links do Facebook para sites da mídia australiana geraram quase 2,3 bilhões de cliques. Graças a isso, as empresas de mídia receberam aproximadamente 50 milhões de receitas adicionais.

A nova lei afeta não apenas o Facebook, mas também o Google, que também não concorda em pagar à mídia australiana pelo conteúdo de notícias exibido nos resultados de pesquisa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *