O criador do Ethereum criticou a ideia de introduzir bitcoin em El Salvador

Respondendo a uma pergunta de um usuário do Reddit, um dos criadores da criptomoeda Ethereum, Vitalik Buterin, criticou a abordagem de El Salvador para a introdução do bitcoin no país, chamando-a de “imprudente”. Segundo ele, essas medidas no futuro vão jogar contra as criptomoedas.

Ndtv.com

Sabe-se que desde setembro, por iniciativa do presidente Salvador Nayib Bukele, o país adotou o bitcoin como meio oficial de pagamento. “Medidas para forçar as empresas a aceitar uma determinada criptomoeda são contrárias aos ideais de liberdade, que deveriam ser importantes para o ecossistema da criptografia”, disse Buterin.

Um usuário do Reddit reclamou das práticas empresariais ditatoriais do presidente Bukele. Segundo ele, a própria criação das criptomoedas nasceu da ideia de formar um ecossistema financeiro descentralizado, “não controlado por nenhuma pessoa, grupo ou comunidade”. O que Bukele está fazendo é exatamente o oposto dessas idéias.

O usuário chamou de “opinião impopular”, ao que Buterin respondeu que não há nada de impopular nisso, e a tática de promover bitcoins entre milhões de pessoas em El Salvador ao mesmo tempo e quase sem nenhum treinamento é imprudente. Um grande número de residentes inocentes pode ser vítima de intrusos. Além disso, ele criticou os apoiadores do bitcoin por seu apoio às autoridades salvadorenhas em tal empreendimento duvidoso, “elogiando cegamente” Bukele.

Ethereum é a segunda maior criptomoeda do mundo em termos de capitalização de mercado. Buterin em todos os lugares apóia os eventos e processos relacionados à disseminação de criptomoedas, categoricamente sem tocar na política. No entanto, desta vez ele abriu uma exceção, comentando sobre uma questão parcialmente política.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *