A gigante de tecnologia Tencent, que ocupa uma grande fatia do mercado de jogos chinês, começou a escanear os rostos de crianças chinesas – uma medida que será obrigatória para o acesso à plataforma de jogos da empresa, pelo menos temporariamente. Os provedores de conteúdo de jogos locais estão restringindo ativamente o acesso a menores durante as férias.

Fonte: Olichel/pixabay.com

A divisão de jogos da empresa, a Tencent Games, anunciou na rede social Weibo que os alunos do ensino fundamental durante as férias de inverno de 17 de janeiro a 15 de fevereiro poderão jogar por não mais que uma hora por dia.

Nem todos os usuários do serviço Tencent Gaming são obrigados a fazer login usando reconhecimento facial – isso será obrigatório para contas que, segundo os donos da plataforma, sejam gerenciadas por menores. A digitalização facial será obrigatória ao tentar fazer login em uma conta ou comprar moedas no jogo. O algoritmo exato para determinar a necessidade de verificação é desconhecido. Sabe-se que as contas ativas em vários dispositivos ao mesmo tempo serão verificadas. Além disso, as contas de usuários com mais de 55 anos que começaram a jogar jogos populares entre os jovens serão verificadas quando tentarem fazer login à noite.

Os reguladores chineses exigem que os usuários verifiquem sua identidade antes de registrar uma conta de jogo. Em agosto passado, a RPC anunciou severas restrições à quantidade de tempo disponível para os adolescentes jogarem.

A iniciativa da Tencent realmente reforça as restrições – aqueles que se recusam a escanear rostos perderão o acesso aos jogos. A empresa disse que está pronta para tomar outras medidas para garantir as restrições impostas durante as férias. Em particular, é recomendável que os pais ativem o “modo jovem” em suas contas, o que restringe o acesso a determinados recursos e conteúdos. Além disso, os pais podem fazer login na Tencent e ver quem jogou recentemente em seu nome.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.