A Samsung Electronics reduziu a semana de trabalho para os trabalhadores de smartphones vietnamitas de 5 para 3-4 dias. Vale ressaltar que mais de 60% de todos os smartphones Samsung são produzidos no Vietnã. Além disso, a produção deverá diminuir nas fábricas na Índia e no Brasil.

Fonte da imagem: Samsung

De acordo com a Samsung, os trabalhadores estarão ocupados 3 ou 4 dias por semana, dependendo dos modelos que produzirem. Além disso, os principais parceiros da empresa na região também terão que adicionar mais dias de folga aos seus funcionários. “O número de dias úteis de produção sempre foi ajustado de forma flexível, dependendo das condições do mercado”, disseram representantes da Samsung à edição sul-coreana do ET News.

A diminuição do número de dias úteis está diretamente relacionada à mudança nos planos de lançamento dos smartphones Samsung, que tiveram que ser revistos no final de maio deste ano, reduzindo os volumes de produção estimados em 2022 em 30 milhões de cópias, de 310 para 280 milhões de smartphones. Um dos principais motivos é chamado de dificuldades econômicas globais e o escândalo causado pelo fato de os carros-chefe do Galaxy S22 terem sido deliberadamente desacelerados para “otimização” no programa Game Optimization Service (GOS). Os eventos não podiam deixar de afetar os volumes de vendas.

Fonte da imagem: Samsung

Especialistas do setor esperam que a utilização da linha de produção seja reduzida não apenas no Vietnã, onde mais de 60% dos smartphones são fabricados, mas também provavelmente na Índia (20-30%) e no Brasil (10-15%).

Segundo analistas, espera-se um declínio na produção não apenas para a Samsung, mas também para a Apple, bem como para os fabricantes chineses – em parte também devido à situação na Ucrânia, em parte devido ao surto de COVID-19 na China e para outros razões.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.