O Japão destinou US $ 5,2 bilhões para a construção de uma nova produção de chips no país – dos quais US $ 3,5 bilhões irão para a TSMC

De acordo com o Nikkei, o governo japonês está alocando cerca de US $ 5,2 bilhões do orçamento adicional do país para o ano fiscal de 2021 para apoiar fabricantes avançados de semicondutores. Cerca de US $ 3,5 bilhões devem ser investidos em uma nova fábrica da TSMC no Japão. Os US $ 1,7 bilhão restantes irão para a construção de novas plantas Micron e Kioxia, projetos atualmente pendentes.

Fonte da imagem: TSMC

No início deste mês, a TSMC anunciou que construiria uma fábrica de semicondutores com a Sony no Japão. O custo de todo o projeto será de cerca de US $ 7 bilhões, então cerca da metade deles será coberta pelo governo japonês.

Por sua vez, a Micron adquiriu anteriormente a Elpida Memory na província de Hiroshima, no oeste do Japão, onde fabrica chips DRAM. A empresa vem negociando com governos de vários países, inclusive do Japão, investimentos na produção e agora o dinheiro já está destinado. E a Kioxia possui uma fábrica líder de flash NAND no Japão. A empresa está construindo uma nova fábrica em Yokkaichi. Ele começará a funcionar em 2022. A Kioxia também está planejando começar a construir uma nova fábrica na cidade de Kitakami para começar em 2023. Portanto, o dinheiro adicional para o desenvolvimento da empresa também será útil.

O fundo de US $ 5,2 bilhões fornecerá subsídios ao longo de vários anos. As empresas receberão apoio do governo com a condição de que aumentem a produção de chips em face da escassez existente, já que o governo japonês espera estabelecer um fornecimento estável de chips no mercado interno.

Em um cenário de aumento de investimentos em data centers, o Japão deve aumentar a demanda por chips de memória no médio e longo prazo. O ministério da indústria do país disse que “garantir um fornecimento estável de semicondutores é atualmente a questão de segurança nacional mais importante.”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *