Muitos participantes do mercado de eletrônicos começaram a falar sobre uma queda na demanda por smartphones no trimestre atual, mas representantes da NH Investment & Securities, após sondagem de colegas na região asiática, chegaram à conclusão de que o fundo em breve será ultrapassado, e por Em setembro a demanda por smartphones começará a se recuperar, ainda que de forma desigual.

Fonte da imagem: Apple

Em primeiro lugar, no segundo trimestre, a Samsung Electronics, grande player neste segmento, terá que enfrentar uma queda de 15% nos embarques de smartphones para 61 milhões de unidades. Os fabricantes chineses cairão para o volume mínimo de entregas em maio e junho, após o que o segmento como um todo apresentará recuperação da demanda. Ainda é difícil prever o número de smartphones que serão enviados no final do ano.

No segmento de preços mais altos, a queda na demanda por smartphones não é tão perceptível, então o iPhone 14 Pro estreando no outono deve ser bem recebido pelo mercado, segundo especialistas. A médio prazo, os smartphones com telas dobráveis ​​se tornarão populares, e o surgimento do dispositivo de realidade aumentada da Apple aumentará o interesse do consumidor por essa categoria de produtos. O fone de ouvido da Apple deve ser lançado o mais tardar no primeiro semestre do próximo ano, como esperam os especialistas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.