Revisão da Nikon D6 SLR: executando no lugar

yzy5zjkyyjm4njk4ytzhotllyzy0otawmtvmy2u2mmmxnweyotvimtbizwm3odfmoge5mtbjmwe4njhlymuyng-3207436

Obviamente, a Nikon D6 é uma câmera profissional com objetivos claramente definidos. Basta olhar para a descrição oficial do produto e exemplos de fotos no site do fabricante para entender que a D6 é promovida principalmente como uma câmera para fotógrafos esportivos e, portanto, as principais características são “afiadas” para suas necessidades: confiabilidade e durabilidade, foco automático rápido, alto velocidade de trabalho, amplas oportunidades para transferência rápida e catalogação de imagens.

Os fotógrafos profissionais sabem muito bem quais são as características da câmera e do que precisam, por isso a tarefa do fabricante ao atualizar a linha é preservar tudo o que o consumidor valorizava na geração anterior e tornar a ferramenta ainda mais potente e moderna. À primeira vista, não veremos nenhuma atualização revolucionária aqui, mas a Nikon D6 é uma câmera do nível onde detalhes e nuances decidem muito, e um profissional é capaz de avaliar seu impacto no resultado final.

⇡#Características principais. Diferenças e semelhanças com a geração anterior

A Nikon D6 é a principal câmera SLR profissional projetada principalmente para fotógrafos profissionais de esportes e notícias. A geração anterior da câmera – Nikon D5, lançada em 2016, obteve o sucesso merecido e é amplamente procurada até hoje. Mas como o progresso não está parado e em quatro anos vimos muitas tecnologias impressionantes no mundo da fotografia digital, o lançamento de uma versão atualizada vale a pena. Além disso, o lançamento da Nikon D6, bem como de seu concorrente mais próximo, Canon EOS 1D-X Mark III, foi programado para coincidir com os Jogos Olímpicos de 2020 em Tóquio, mas a situação mundial fez seus próprios ajustes, o que, provavelmente, afetou significativamente as vendas.

A Nikon D6 apresenta o sistema de foco automático mais poderoso da história da empresa. À primeira vista pode parecer que até uma certa regressão tenha ocorrido, pois a tela de focagem do D6 tem apenas 105 pontos sensores, enquanto o D5 tinha 153. Mas o diabo está nos detalhes, e aqui é preciso explicar que, ao contrário do modelo anterior, tudo 105 pontos são selecionáveis ​​pelo usuário, em comparação com apenas 55 na D5. Essa diferença dá aos fotógrafos mais controle sobre o foco. Todos os sensores são do tipo cruzado e têm uma densidade de cobertura maior – 1,6 vezes mais do que a geração anterior. A gama de modelos AF selecionáveis ​​de grupo também foi aumentada e o sistema de reconhecimento de rosto foi aprimorado. A câmera é capaz de focar efetivamente em condições de pouca luz – até -4,5 EV.

Outra atualização importante é o aumento na velocidade de disparo contínuo de até 14 quadros por segundo. O modelo anterior, o D5, era capaz de gravar 12 quadros por segundo. E parece que o aumento não é tão impressionante, mas essas são exatamente as nuances de que falamos um pouco mais alto – algo que só pode ser avaliado por uma filmagem profissional de competições esportivas ou, digamos, da vida selvagem: são esses 2 quadros que podem se tornar decisivos na criação de sua obra-prima estelar.

odjjnmfjmdk1nmuzmgflmwyzoduzzwi4mwqyywezoduzndc2otdlotnkmmy2mze1zdjhmdqwymy5ngrinzi1zgsm-cam16-800-6371542

O fabricante não mudou um dos componentes principais – o sensor da câmera: na Nikon D6 vemos a mesma matriz de 20,8 megapixels com um filtro passa-baixa óptico e revestimento anti-reflexo que foi usado na D5. Apesar de a resolução parecer bastante modesta para os padrões modernos, devemos, novamente, lembrar sobre a direcionalidade da câmera: esse número de megapixels é suficiente para os olhos postarem uma foto na Internet como ilustração para jornal ou para impressão em revista. A “economia” na resolução permite, em primeiro lugar, reduzir o nível de ruído, que é muito mais importante neste caso, bem como proporcionar uma maior velocidade de processamento e transferência de dados, o que, novamente, é extremamente importante se você trabalha para agências de notícias ou organizações semelhantes.

Agora, no entanto, o sensor está emparelhado com o novo processador de imagem Expeed 6.

A câmera também passou a oferecer suporte a cartões de memória CFexpress Tipo B. Os cartões XQD também são compatíveis com o novo produto.

Além disso, os módulos de comunicação integrados foram aprimorados: há Wi-Fi, Bluetooth e GPS, e a LAN com fio suporta o padrão 1000BASE-T, o que dá um aumento de velocidade de 15% em relação à Nikon D5.

otkwyzg5mjfkzjg4ytgzowq2ogi4njaxntrlm2ewodnin2m5oge3mgm0y2q5ytezymexztvhyjywmzvjndy5yqsm-cam17-800-3919106

 

⇡#Design e ergonomia

Todas as atualizações foram feitas no preenchimento da câmera – externamente a Nikon D6 é praticamente indistinguível de sua antecessora. De certa forma, isso é bom: a localização dos controles será familiar para usuários experientes e eles não terão que treinar novamente – isso sempre causa algum desconforto e, novamente, pode diminuir a velocidade de trabalho no início.

Talvez a única mudança significativa que aconteceu na câmera seja a aparência de um slot para uma trava Kensington.

yjgxzdi1mjnjntg2zmq5n2y2mdmynjfhnti0ywjkzgq2njy3zwzinzdmy2nmngi4zmyymzcxyzq5zme0zdaxnasm-cam18-800-9823210

O D6 é, obviamente, extremamente robusto e durável, construído para resistir a todas as condições climáticas: caixa de metal, vedações à prova d’água, dois grandes punhos antiderrapantes. O dispositivo pesa aproximadamente 1450 gramas com uma bateria e dois cartões de memória CFexpress, dimensões – 160 × 163 × 92 mm. Completo com uma lente (principalmente se for um telezoom), obtém-se uma construção muito grande e pesada, que exige muita resistência do fotógrafo – ou, pelo menos, um descarregamento de alta qualidade.

Para quem ainda não está familiarizado com a ergonomia da régua – uma breve visão geral dos controles.

Na borda esquerda, há uma fileira de portas para conectar a câmera a dispositivos externos. Aqui vemos quatro compartimentos separados, cada um localizado sob sua própria tampa emborrachada. Dentro deles: um conector para conectar dispositivos opcionais; conectores para um microfone externo, fone de ouvido, controle remoto, Ethernet, USB Type-C (USB 3.1 Gen 2), mini-HDMI, pino de sincronização para flash. Abaixo está a fechadura que abre o compartimento da bateria e, na verdade, o próprio compartimento.

zgjhnwy0otvkyji4mgixodnhztyzymqxodmznwflnge5zta5odzmnzy2mjiymmnjn2viodayodkwy2ezmdbjnqsm-cam1_-400-5431650

 

zmzlztmyzte1mjjhntflogyxyzq0otjlmwriodrhzwizzjniodkwyzm5nje2nmm2zwnhnmizmdvlymy2y2jhzgsm-cam2_-400-3547671

No canto superior esquerdo, vemos botões para selecionar o modo de disparo, medição de exposição e modos de bracketing. Abaixo está uma roda para selecionar o modo de alimentação. A seguir está a “sapata” e à direita dela há um display monocromático mostrando as principais configurações atuais. Acima está o botão do obturador, combinado com a alavanca liga / desliga da câmera, botões para permitir a gravação de vídeo, ajuste de ISO e compensação de exposição.

yzjjyjywyzrjzwy0mwyxzjyyy2e2n2m0yjm4otniywzhnge5yjhlmmewnzc2mzcwzmq1mmq5zjrknjcwnde0zqsm-cam3_-800-9587971

No painel traseiro, há uma série de controles sobrepostos, que estão localizados na parte superior e inferior direita – isso é necessário para que a câmera seja confortável de usar na posição vertical. Esses controles incluem o botão AF-ON, joystick, roda de controle. Também no lado direito existe um botão para chamar o menu rápido, um joystick multifuncional com um botão de confirmação no centro, uma alavanca para alternar a seleção da área de foco. Sob uma tampa separada, há um botão que abre o compartimento com os cartões de memória e, à direita dele – o próprio compartimento para dois cartões.

A Nikon D6 pode usar dois cartões CFexpress (Tipo B) ou dois cartões XQD. O cartão no segundo slot pode ser usado em caso de estouro, para backups e para armazenar separadamente imagens NEF (RAW) e cópias JPEG capturadas em configurações de qualidade de imagem NEF (RAW) + JPEG, bem como armazenar separadamente cópias de imagens JPEG com vários tamanhos e taxas de compressão. Além disso, a cópia de fotos de um cartão para outro é suportada.

oge4ndm3zjyxzge2zda1zgfhnzmzzgm3ztmwmjdjmdyyywe4nzm3mje1njflyjdmywm2ntbhyzgzmzc4ndczmgsm-cam4_-400-8995628

 

nwu1zgnjowe1y2vhyjg0mmjlnme5mtqxmgrjytmynzk2zmnjzjflmwvlndkwywzkytkymjc1mtfmywjimzk3mqsm-cam5_-400-8812338

No canto superior esquerdo vemos os botões para visualizar e excluir fotos, abaixo – uma fileira vertical de botões: um botão para chamar o menu, proteger as fotos, aumentar e diminuir o zoom, confirmando a seleção. Ainda mais baixo é o botão Fn programável (por padrão, ele é responsável por fazer memos de voz para arquivos) e um indicador da conexão de rede. Mesmo abaixo está um display LCD monocromático adicional, que exibe informações atuais sobre os cartões de memória e alguns parâmetros de fotografia, e abaixo dele há botões que permitem ajustar rapidamente esses parâmetros. Um pouco à direita está uma alavanca para alternar entre os modos de foto e vídeo com um botão Live View.

njmzn2jlogmzmzuwyjrjothkzjnhnzuyzmjkytm5mwvhzgy5mmfmzduxmtllowq2mju1ztu5mjfjnta1zdy1zgsm-cam6_-800-6034054

No painel frontal há uma baioneta, um dial de controle, um par de microfones, um conector sincronizador e um conector de 10 pinos para conectar um painel de controle escondido sob tampas de borracha, além de três botões programáveis.

ntayntrlmmjjmdhizjqwzwy5ztq5odczyzvjyzc3mtywzja2mtgwzjiwzdg5zjexzdlmngyzztnhmjhmntzhmqsm-cam7_-800-8568194

No lado direito, uma chave programável e um botão do obturador adicional com uma alavanca de bloqueio estão disponíveis para o usuário. E aqui vemos a principal inovação ergonômica – o mesmo slot para a trava Kensington, que é necessário para reduzir a probabilidade de roubo do dispositivo – não um detalhe supérfluo considerando o custo da câmera e as condições em que deve ser usada.

nwe0yzqwotq3zdk1ytgynwzmytg4mtdkndblzguymjy2zdrkotm1yze4zjzkotq2y2y0ymmxnjg0ztnhn2jlngsm-cam8_-800-9839634

Abaixo está apenas o conector de montagem do tripé.

n2vlyzm1otvlzgexmgiyn2u5yjniymnizwmzndy1ngfiymnhm2q3ngnhntjmodizn2i5y2e0n2q1y2jimgnjzgsm-cam9_-800-7530568

A Nikon D6 tem um total de 14 botões personalizáveis ​​que podem ser atribuídos a qualquer uma das 46 seleções de função exclusivas, tornando a câmera altamente flexível e adaptável.

⇡#Tela e visor

A Nikon D6 é uma câmera projetada principalmente para fotografar através de um visor, que naturalmente atende a todos os padrões de qualidade: grande, brilhante e fácil de usar, com 100% de cobertura do quadro. O ajuste de dioptria está disponível de -3 a +1 dioptrias.

yti2mge4zdy2n2nkztu5zja3zjk5mmq3mzg3mwjknzm2ywq5yme2n2qymmrkzda5ztu3owrlnzywyzeyntdmmgsm-cam10-800-6808739

A tela LCD é fixa como em todos os modelos anteriores. Isso é inconveniente ao gravar vídeos ou fotos em Live View, mas o fabricante dá prioridade à confiabilidade do design: o mecanismo de inclinação é mais fácil de quebrar. Diagonal da tela – 3,2 polegadas, resolução – 2,3 milhões de pixels. A tela é sensível ao toque, você pode usá-la para navegar pelos menus, definir o ponto de foco, ver vídeos, etc. Sim, a D6 não é uma câmera conveniente para segurar na sua frente durante a filmagem, mas tirei quadros suficientes no modo Live View (todos -Então construir uma moldura desta forma é muito mais confortável para mim), e posso notar que a tela se mostrou digna: no sol muito forte, claro, houve dificuldades, mas no geral a imagem é nítida e rica. O usuário pode ajustar manualmente o brilho (11 níveis) e ajustar o equilíbrio da cor.

y2finta3oddhnja5nmq1ymm5zdvimjflnwflywnjownjyjeyndm2nme5zdq0ztk3njllndlinzhjmzqzzte0zasm-cam11-800-9452248

⇡#Interface

O design do menu da câmera não mudou em comparação com o modelo anterior, o que também agradará os usuários que mudarem para a D6 de modelos anteriores da mesma série ou da série Nikon mais jovem. As seções principais do menu são organizadas verticalmente à esquerda, enquanto os itens individuais são revelados à direita. Claro, como qualquer câmera deste nível, o menu é muito extenso e detalhado, mas mesmo assim é bastante prático e intuitivo. Além disso, devido ao grande número de controles físicos e visores adicionais, bem como às amplas possibilidades de personalização, não é tão frequente a necessidade de ativar o menu principal – o fabricante garantiu que o fotógrafo tivesse todos os itens essenciais em um rápido acesso. Claro, também existe um menu rápido personalizável. Ele contém 12 slots e é acionado pressionando o botão “i” no painel traseiro.

⇡#Conexões sem fio e com fio

Para fotógrafos repórteres, é extremamente importante ser capaz de transferir fotos instantaneamente em todas as condições, e a Nikon está atenta às suas necessidades: conexões Wi-Fi e Bluetooth estão disponíveis no D6, bem como GPS embutido. Este último é um passo à frente em relação à geração anterior.

Quanto às conexões com fio, há suporte para uma LAN com fio, para isso existe uma porta especial na câmera. De acordo com o fabricante, a conexão com fio é 15% mais rápida que o D5. É importante notar que a transferência de dados não diminui durante a filmagem.

Separadamente, gostaria de mencionar o sistema bem elaborado de catalogação e organização de arquivos no processo. O usuário pode priorizar a reprodução de imagens, classificar as imagens por classificação, adicionar memos de voz, filtrar imagens de acordo com a classificação ou status de transferência. Tudo isso funciona muito bem para o conceito geral de câmera, ajudando a desmontar e compartilhar grandes volumes de material com eficiência e rapidez.

O aplicativo SnapBridge, que já é bem conhecido de todos os usuários de câmeras Nikon, é usado para conectar a câmera a um smartphone, com o qual você pode transferir dados e também controlar remotamente a câmera.

Câmera no trabalho. Fotografando em ISO alto. Filmando. Conclusão

⇡#Câmera no trabalho

Vamos passar para a parte prática da revisão. A câmera veio para o meu teste com três lentes:

Nikkor AF-S 14-24mm f / 2.8G ED, NIKKOR AF-S 24-70mm f / 2.8G ED, NIKKOR AF-S 105mm f / 1.4E ED ED.

n2fhzwiwmju3mdmyntc5odvhyjg3mdi4mdbinjbmmjq0mtvhzgixzgrhnmi1m2m3m2m5mzzly2jhnjfmmmvmnasm-cam12-800-7630143

⇡#Fotografia JPEG

Apesar do nível profissional da Nikon D6, os arquivos JPEG são de grande interesse. O disparo sequencial não implica um processamento longo e cuidadoso, e muitas vezes – nenhum. O fotógrafo deve produzir o resultado diretamente da câmera para publicação instantânea, o que significa que os requisitos de qualidade JPEG são os mais severos aqui. Vamos ver do que a câmera é capaz.

Nitidez e detalhe

Repito: apesar do fato de que a resolução da matriz D6 não parece impressionante para os padrões modernos, é suficiente para a maioria das situações de disparo. Mesmo assim, a câmera não foi projetada para fotografia de estúdio ou publicitária, das quais as fotos serão impressas em grande formato. Para a Internet e a mídia impressa, 20,8 milhões de pixels são suficientes para os olhos. Tive a chance de fotografar paisagens com essa câmera, e esse é o gênero onde eu realmente não tinha detalhes suficientes. Não estamos falando, é claro, de alguns problemas gritantes de nitidez – falando objetivamente, está tudo bem, e um espectador imparcial dificilmente notará a diferença em comparação com as fotos tiradas, por exemplo, na Nikon Z7, mas quando você sabe para onde olhar, começa a ver limitações … Não posso atribuir isso às desvantagens da câmera, pois a finalidade do instrumento determina suas funções, e o principal é sempre manter um equilíbrio razoável, e não surpreender o consumidor com números marcantes. Combinado com a ótica profissional Nikon D6, oferece imagens nítidas de alta qualidade.

mtmxymzhzdrizdllzdfhntblzdyymjyzztzhztvimdzinwrlmtrmntm1odkyndq5owqzytvkzwu1oda4yjlmoqsm-details_1-400-5285225

 

y2i0yjk3zdqwzjyzmzkwztiwmtyyodbmm2fmztzjzgq3zgu0owzimja0nja2mgrmymy2mmiwodhhm2rinwrkoqsm-details_2-400-1443600

Esquerda – imagem original, direita – corte. Opções de imagem: ISO 100, F / 10

Renderização de cores

Em geral, a imagem diretamente da câmera parece muito apresentável – naturalmente, moderadamente contrastante e saturada.


 

 

 

Exemplos de JPEG na câmera

É conveniente avaliar a renderização de cores por tom de pele e, na maioria dos casos, é renderizada corretamente – tanto em tempo ensolarado, quanto nublado e sob iluminação artificial:

zguwywm2odc5nwi5zwi1y2q5yjcxzjjimjkxyznjymu1mtdlzdnhzjuzowmxodfmn2y2mzkyytqyyzliy2y1yqsm-skintone_1-265-3431440

 

mwrhnmq1ztbjyze5yze2ntnhowvkmju0zdjimtfhmjk3mdvjzmvjmtazmzm5zjeym2flzmu2yjrkytk5ymu4nwsm-skintone_2-265-3291844

 

ntfizgu0ztu1ztiwyjk0ntnlnwrmy2rlyzjmzjdintjizje0ngm3njezzwnmmjjjymrjm2yxzdbmmtllodm4zqsm-skintone_3-265-7154003

No entanto, descobri que às vezes a cor “anda” em quadros filmados em condições quase idênticas:

owvmyjdiowq4mze1mme2ntiznzbkotzhzmuzn2i2mtg2ytvimzzhzmvkztuynjg3yjlmnmnin2q2oti4mme5ygsm-bb_1-400-4515040

 

mwnlmdm0odvmode1mgm5ywnimta1mtuxyzc0mmjlymuwmdcwnwe0y2q5n2y4mmi5n2u5odizowzkmzi1ndqxzqsm-bb_2-400-8080974

Apesar de as fotos terem sido tiradas no mesmo local, ao mesmo tempo, com a mesma lente e com as mesmas configurações, o balanço de branco é bem diferente.

⇡#Gama dinâmica

Falaremos em detalhes sobre este assunto na próxima seção dedicada ao funcionamento da câmera com RAW, mas de maneira geral podemos dizer que mesmo em JPEG a câmera demonstra um resultado decente. Ela é capaz de filmar uma cena de alto contraste sem “falhar” completamente nem luz nem sombra. Uma simples manipulação para clarear as sombras no editor, que não levará mais de 10 segundos, já trará essas imagens a um formato aceitável para publicação.

nze2y2vlndfly2qxodk5mje4ndninddmmmy3mdk0mtfkzdvkyjixnthjztg0owvmytvhzdjmnwe1ywvhotrmzgsm-dd_1-400-9122044

 

mte0njvhnzzizdzim2vlmtdknmmynwuyndyzyjq1mgu0nmnjnzk5ntiymta3ndq0nzc0zdi2ntyxngmzyjq3zqsm-dd_2-400-3385384

Funções criativas

⇡#Funções criativas

Embora a Nikon D6 seja um dispositivo puramente profissional e os profissionais não gostem de vários recursos artísticos, como filtros, o fabricante não removeu esta opção. Por que, na verdade? O conjunto de filtros no modo proprietário “Picture Control” é padrão, e ninguém ficará pior com sua presença na câmera, e se não em filmagens comerciais, tirar fotos para o bem da alma é bastante interessante para se divertir.

Há um total de 8 configurações “clássicas” disponíveis: Automático, Padrão, Neutro, Vívido, Monocromático, Retrato, Paisagem e Plano. E 20 controles de imagem criativa: sono, manhã, pop, domingo, escuridão, dramático, silêncio, clareamento, melancolia, limpeza, jeans , “Brinquedo”, “Sépia”, “Azul”, “Vermelho”, “Rosa”, “Carvão”, “Grafite”, “Dois Tons”, “Fuligem”. Você também pode modificar o Picture Control selecionado e salvar Picture Controls personalizados.

nzczmzk1nza4owi5ymvlzju3zdk0otllmtq4yzqyntrkogvhzwzkngjiodbhztyxn2q1ztq3mjy2ytmwmmjhnqsm-pc_1-400-5791214

 

yjvmymi3nmzhzge3yje0njuznthlzjmyyjczodu5zjzjzmvhoge0y2i0y2rln2izzjc1ymezmdu3ytyzy2mzngsm-pc_2-400-2041149

É divertido experimentar os Picture Controls – existem muitos modos criativos que você pode usar para adicionar facilmente o clima que deseja à sua foto.

A câmera também oferece exposição múltipla e funções HDR – elas não são diferentes em seu desempenho do que vimos em outras DSLRs Nikon modernas.

⇡#Filmagem em RAW, alcance dinâmico

Avaliar as possibilidades de filmagem em RAW certamente também é importante, pois em situações que não exigem aumento de urgência, esse formato continua sendo o preferido.

O fabricante garantiu que o processamento rápido de arquivos Raw pudesse ser feito diretamente na câmera – existem todas as ferramentas necessárias para corrigir a exposição, equilíbrio de branco, redimensionar a imagem e realizar outras operações básicas. Também é possível aplicar qualquer controle de imagem à imagem e sobrepor várias fotos, criando um efeito de exposição múltipla.

mzhim2y2zwvly2yzztm4yze5odrmmdywnwjiywy5ymvhzwe1mtixnzi2ytnmzjm2n2jkyzy0mja4yzzkmdmwnwsm-obrabotka_1-400-2867425

 

nwy4mtfjztbiyjhlywy1nta0yzi2odbjmmuymjfjm2m3othioddhnddjmdm3y2u2y2m0ytrmnmvlmtfkzdqzmgsm-obrabotka_2-400-4206132zgnhowm4owuxogqwyme1n2m5ntq1nmfhn2ewyzfjnge1ogi2mjqxytliy2y4nwy0mdk2yzrmnje3yjiwyzyxmasm-obrabotka_3-400-4821926

 

otc1ogiyogjiy2jknjviymu2mtmxywq5otvjngm4zdkwmzdin2mznjy3mdmxogiyzgu5m2yzmgq2mji2mzk2oasm-obrabotka_4-400-6566329ymjlmgfiy2uynzdinju5ytu2mtbhmdi1zdq5owvhzddlnmy2nmiznwjkyzu3nzc3mjk4zju5zjg5n2y2njllygsm-obrabotka_5-400-9832110

 

mtblndzjngyymgi1mdg3nguwmjm5zgi0mdjhndbkyzjjmmyym2iwn2fiyzgxnzg3oda0mde0mmvin2nlytrhnqsm-obrabotka_6-400-7386453y2zknzgznzu4mwy3mzc2mwq1ztm2ogi4mzc2nmrhmgrmmjdizgjkndgyodkwzme1zweymge0nzm5ztc4y2fjmwsm-obrabotka_7-400-5531743

 

njgwzmzlyjc4odk3ytrhnzdjn2i2yjm0yzlmyjyyogyxytg3nje1mgrhzjm5mge3nmiwmmfhyjq4ogmwmmmxyqsm-obrabotka_8-400-3795347mgrmmgq0ythjmdbin2zjngziztjimdizztnmmwywztzioda2ztzkzjhhywmymge0mjg0mmflyjzmntg3zdczzgsm-obrabotka_9-400-8400449

 

mdfhzjmzyjvjmgqznjfimdg4mmm0ztgwytk2ngvhnwm2mzgwmmm1nzbhn2q2njy1owfmnwfin2mynzu0zjjmmgsm-obrabotka_10-400-5522408

Editei as fotos para revisão no Adobe Camera Raw. Para o primeiro exemplo, usei uma foto superexposta tirada à tarde com uma velocidade de obturador lenta. Claro, o resultado final também é considerado um defeito técnico, mas fiquei muito impressionado com a quantidade de informações que consegui extrair do céu aparentemente completamente “nocauteado”!

ztmxymu1zgnkndc0njrhmwzinzq3mzzhyjizytg2zwvmowyxy2e1ztkzm2yyzwiwyzdlmddjyjeznzq2nzqxzqsm-raw1_1-400-7191094

 

zjyyyjizogy3mwy5ywm0n2zjzdg5zdqyotywotc3zjqymja1yjg0zje2ytq5mwiyyzg4zmy1owrlmjnkzjuwzasm-raw1_2-400-7375830

Selecionei várias cenas contrastantes para os exemplos a seguir. O objetivo do processamento é equilibrar a foto, é melhor revelar os destaques e clarear as sombras.

nty0mwnhnwrkmtq4nzblzwnknje1njm0yzrkngeyzmy5yjrlymqyotg1nda3yzmzndmxztlhmzu2odk0yze3nqsm-aa_1-400-9341735
 

ntq5mjy5ogq5nji1owfhnjg1zmm1nda3nwmwzwe4zgvjnzgwyjm2ntiwnwywywm5mgnloti3nzjiyja5njuzmgsm-aa_2-400-5983229ngnknzdhodazm2nknjfhnwq2mdazodu4ztnkztq1ymy4otblnti4nty2ywq0zgy0nwvimwq1odg2ngizyznimwsm-cc_1-400-2051905

 

mzjkn2i2ndc2yjblywm3mduzyje5ndy2mgqzmdmxndkymgi2zmzky2fkmgi1ntbhmzg2njgyyte1mmywzjq2oasm-cc_2-400-1601610ogm2mde1njq2ytazyzk5yzzkzmewnwi3odc0zwzkodhjowuxndy3ndcyzdviotczyta0nzu5zwq1mjqzowe5zqsm-ff_1-400-2853676

 

n2riyte3ntvmmzqzngq1ztlhndg3ngjlytbhnwrlmgm2njiymti4yzfhyjnizmzmnmexm2fjywm5ode5otbmmgsm-ff_2-400-8221773ngiymjy3odexmjlknwe5njy1zde1zdizmwe5ywm3ztrintk0zdrjzdkxnzblnwyxymfhmmi4otmzywy3mmfmmwsm-ee_1-400-6465627

 

mjm5odu5njkzyjdioge0n2y5ngvkogrjotzimji5y2jimdhlzwzhmda0mtflntllodc5nmrlzjc5nzjlyzg0ngsm-ee_2-400-2650039mtzhzjk3ota0mjdizjg2otnknzfinzg4mwizzmu4mmjmywyyy2jkmju3n2nkndgwn2yzowiwyje5y2u1ymy0zqsm-hh_1-400-6661014

 

otixywy2njhmmmy2yjdlzmexy2jhmgnjzjk3ytq0mwexmgq0oddjodkymzm0mdfmndcxzjm0zwziytmxnta2masm-hh_2-400-8761117

Esquerda – JPEG na câmera, direita – RAW convertido com configurações de sua preferência

Baixar arquivos RAW (121 MB)

No geral, os resultados são muito bons. Os alongamentos RAW são excelentes, o que oferece oportunidades ricas para processamento técnico e criativo de imagens. O forte clareamento das sombras inevitavelmente adiciona ruído à imagem, mas eu não os chamaria de críticos – eles não violam a percepção geral da imagem e, novamente, se o objetivo é publicar a imagem na Internet, a qualidade será decente.

⇡#Foco automático, burst e buffer

Obviamente, o foco automático rápido e preciso é um recurso chave para o qual as câmeras desta classe são amplamente compradas. A antecessora da heroína da nossa análise, a Nikon D5, não deixou o fotógrafo infeliz nesta área. Mas não há limite para a perfeição, e o fabricante se deu ao trabalho de levar o novo modelo a um nível ainda mais alto.

Como mencionado no início desta análise, o sistema de focagem Nikon D6 passou por melhorias significativas, e agora estamos lidando com 105 pontos AF de tipo cruzado, cada um dos quais pode ser selecionado independentemente pelo usuário. No entanto, não podemos dizer que vemos algo de revolucionário aqui: tal número de pontos não é o limite para os padrões atuais, ainda mais deve-se ter em mente que eles ainda estão concentrados em sua maioria mais perto do centro, e as bordas do quadro permanecem “não processadas”. Não levamos em consideração o mirrorless agora, mas a mesma Canon EOS-1D X Mark III já possui 191 pontos no modo de disparo com o visor (155 deles são do tipo cruzado).

Ao fotografar, o usuário tem os seguintes modos de seleção de foco automático: ponto único, grupo, rastreamento 3D e seleção automática de zonas de foco automático. De acréscimos – a capacidade de formar clusters de forma independente e flexível a partir de pontos de foco automático, que parecem ser combinados em um ponto maior (eles podem ser representados, digamos, por um retângulo alongado ou uma única linha). Na prática, isso não tem sido muito útil para mim, mas talvez os fotógrafos profissionais de esportes achem esse método conveniente.

Obviamente, o cálculo é feito precisamente para fotografar através do visor – é assim que a focagem mais rápida e precisa é garantida. O foco no modo Live View ainda está longe dos melhores exemplos de tecnologia mirrorless: assim como o modelo anterior D5, a nova câmera oferece ao usuário autofoco de contraste, que, além disso, não funciona muito rapidamente, ao contrário do sistema de contraste das modernas câmeras Panasonic como a Lumix S1R. Isso não significa a impossibilidade de fotografar em Live View: para situações sem pressa e cenas estáticas, este modo é totalmente adequado, fiz muitas paisagens e até retratos com ele. Ainda assim, tendo em mente as especificidades da câmera, devemos definitivamente dar prioridade ao visor. Aqui, é claro, é impossível não fazer uma analogia com o concorrente mais próximo – a Canon EOS-1D X Mark III, que foi mais longe e oferece ao fotógrafo um sistema de focagem de fase Dual Pixel CMOS AF. Não tive a oportunidade de comparar câmeras diretamente, mas testei-as uma após a outra em sequência, e devo dizer que a Canon em Live View mostra um nível fundamentalmente diferente.

Vamos ver alguns exemplos do mundo real. Usamos o disparo contínuo e o foco de rastreamento ao gravar uma corrida com a câmera. O teste de disparo foi realizado no modo de disparo do visor.

A D6 mantém o assunto focado com segurança a uma distância bastante grande e de perto. Durante toda a série, a nitidez perdeu apenas algumas vezes e literalmente por um quadro – a câmera rapidamente encontrou o modelo novamente. A mudança brusca de trajetória e o afastamento do rosto da câmera também não atrapalharam a automação.

ywrmnzc0zdriztrmm2exythkotgymdeymtiyyzflodviyjk0nzy0ndblmgiwndqxngy2owmxmtdjmtjkyzqynasm-beg_1-265-6761501

 

mmizn2i5nwy0ztlkyjhhyjjizdkxowzjntm5yzy2ztdjowq1yjvmnzzlyzyzymrlzja3nzzjzwm5mzbkmtk3mqsm-beg_2-265-8121320

 

zdk5yzkwodvjotrjnmnhotuymtyxn2e0nwe2y2zmndq4nzbhzmmzytgwnwm0mmjhzwuxzti4ymriodblmzc1ygsm-beg_3-265-2677627ngrkmdbizwq0otm5nwnlyzy2yjnjnjbjzwy5zdhlzdkxzwmwzdc2ytkzztzhzjhjnmvmy2m1mjg2nje5nzc3zgsm-beg_4-265-5437060

 

mte3ndexyzizndbkngfinzhjn2vjm2e4ztzjytvjythlzmi0zwvimti4nmrjmjkwntq1ntk4yjg3ngnmymvkywsm-beg_5-265-8425070

 

yjc0owjlywi4zdnjote3zwjlowvlmjk0njrkzgiwyte0mwu5ogq5zgewntc0ymzlndqzndixndeznmrmzmi5mgsm-beg_6-265-7332523ngvhnwzlntmzztk0ytaxy2jlntvlmtblntnmzde2odfhmda5n2nlnda5zgm3y2u5m2vmyzexzmy4nwqwztdhmasm-beg_7-265-8512004

 

mjfinwzmodhizjqymwfkzmuwodyyodgxngvlyzkzmgfmmtbjnje1nzm4mjc2mdqyzdniy2y1yzvhngmynduwoqsm-beg_8-265-8684436

 

odcwzgjjntbiodewzdc3owywyjy4njk5njuyzju5nmmwnznmzdljnjqzogzhzta2zmi4zdu2mmvingi5zdrknqsm-beg_9-265-3533995

Rastreando o foco ao fotografar pelo visor.

Como eu disse, filmar no modo Live View, infelizmente, não é capaz de fornecer esse resultado – tentativas de filmar um objeto em movimento não levaram a nada de bom.

Em geral, focar com o visor deixou uma impressão muito agradável: a câmera realmente detecta um objeto instantaneamente, inclusive, como afirmado pelo fabricante, com pouca luz (oficialmente – até -4,5 EV, na verdade, isso, por exemplo, significa a capacidade de focar em modelos à noite em contraluz):

nzq4y2y5nwmyodcyogu3otc0zdm4mti5ogqxmtc1mdu3ymrhnzjizgy1mtdinthhotdhnwe0zdkxzjc1mzy2nasm-noch_-800-5730274

A câmera tem um modo de detecção de rosto e olhos, funciona com segurança, mas já me deparei com situações em que, ao fotografar no modo Live View, a câmera perdeu o rosto do modelo (por exemplo, quando estava muito perto ou muito longe) e não voltou a procurá-lo ao mudar posição no espaço. Para a câmera “ver” o rosto novamente, primeiro foi necessário transferi-lo para outra cena, por exemplo, abaixá-lo.

Em termos de velocidade de burst, a Nikon D6 também é inferior ao novo produto da Canon, que é capaz de gravar 20 ou 16 quadros em Live View e OVF, respectivamente. Aqui, o limite é de 14 quadros por segundo. Novamente, isso pode ser suficiente para a maioria das situações, mas vale a pena fingir que nenhum quadro será perdido quando já sabemos que a tecnologia moderna deu um passo adiante? A captura silenciosa também é importante para fotógrafos de reportagem: neste modo, a D6 pode capturar imagens de resolução total em até 10,5 quadros por segundo com rastreamento. O buffer da câmera é de até 200 quadros ao fotografar em RAW ou JPEG + RAW; ao fotografar em JPEG, o comprimento do burst é limitado pela velocidade ou capacidade do cartão de memória.

⇡#Gravação de ISO alto

A capacidade de fotografar com luz extremamente baixa é outro recurso essencial de uma câmera de reportagem. Deixe-me lembrá-lo de que, tradicionalmente, as câmeras DSLR da Nikon não têm um sistema de estabilização interno, portanto, trabalhar com ISO alto é de grande interesse prático. No papel, a Nikon D6 parece fenomenal neste sentido: a faixa de sensibilidade vai de ISO 100 a ISO 102 400, em passos de 1/3, 1/2 e 1EV. Existe uma extensão “para baixo” para ISO 50 e “para cima” para – atenção! – ISO 3 280 000. Como esses números fazem sentido na prática, veremos no final da seção, onde a cena de teste é apresentada, mas por enquanto vamos ver alguns exemplos da prática real. Ao fotografar em JPEG, a redução de ruído padrão foi aplicada a todas as fotos.

Uma foto tirada em ISO 2500 parece “suave”, o ruído não é perceptível, os detalhes são bons.

 

ngu1ytlmyjg1mze2mzdmmzm5yjqwmtkxndvkodjjyjuzntaxzdi2zwm2ytjmmzc4nzjmmmvlyzuwmdjkmtayyqsm-iso_2500_raw-400-8817992

À esquerda está o JPEG da câmera, à direita é RAW, convertido com as configurações padrão

A imagem é semelhante em ISO 4000. Se você aumentar o zoom muito perto da imagem, poderá notar um leve ruído em RAW ou o mais leve “embaçamento” de pequenas texturas em JPEG, mas essas não são manifestações críticas.

 

zdjloweyy2i2otuymda5n2zlody0othkmjk0nte1mdi5n2rmmjzhndjhzjzhntezyjm2nzy1y2mzmjk1owmynasm-iso_4000_raw-400-4292227

À esquerda está o JPEG da câmera, à direita é RAW, convertido com as configurações padrão

As mesmas tendências são ligeiramente mais perceptíveis em ISO 6400.

 

ngi5yzq2mtixmwm4nmewzthkotk3yje5n2izytjhmwe2njg5mdywzjjmzmu2odc3ymnjoguyzjlmzgy3njuynasm-iso_6400_raw-400-8615119

À esquerda está o JPEG da câmera, à direita é RAW, convertido com as configurações padrão

O próximo “retrato” foi feito em ISO 14400 em um corredor semi-escuro. Aqui, a diminuição da qualidade já se manifesta de forma bastante clara: podemos ver ruídos distintos em RAW ou lisura pronunciada da lã em JPEG, para publicação na Internet ou impressão em pequeno formato, esta qualidade pode ser considerada aceitável.

 

ymexztbhztywnwy3y2m2odcxntlizme3oteym2izmwu3ymeznzk0zgq0n2fingyxy2rkzgy0odiwy2vhntzhywsm-iso_14400_raw-400-8732469

À esquerda está o JPEG da câmera, à direita é RAW, convertido com as configurações padrão

Retratos noturnos tirados com ISO 22800 e ISO 25600, respectivamente.

 

mgjjnwe3mtywotzimdiwytdmogrhmtdmztblytqwm2jimduynmm1nmiwowu1nznjmjezmzllm2m0n2qyownlmwsm-iso_22800_raw-400-1306013nzjkmzm4odgymzkzmdbmntlizthiymrkotaymznhzwnhyjdimzkxmtk0zdcznzbjnzdiowu5m2fkyzawyzy1nqsm-iso_25600_port-400-9273803

 

ztfjotfmmwywmgizyjg0ngq5mwu4yjbknzg0nju5m2e0ogvjyjmwzwzmytnimmm0ytk3njg0njjimmrknwvjywsm-iso_25600_port_raw-400-6809834
 

Esquerda – JPEG intra-câmera, direita – RAW convertido com as configurações padrão

Dependendo da cena, a “aspereza” do ruído ou suavidade pode não ser tão notável.

 

mddhztq3owyxy2rhzjc1ytmwode5mmvhmzq0ywq4zty0nwqxm2e0zji0mgyymmfiodg4n2ixnjc2mjljmmnkzgsm-iso_28800_raw-400-8173613

À esquerda está o JPEG da câmera, à direita é RAW, convertido com as configurações padrão

Na ISO 36000, o borrão da imagem em JPEG já é muito óbvio, mas, novamente, essa qualidade pode ser satisfatória para publicação no Instagram ou uma pequena nota na mídia.

 

zja3mgm0nzhhndqwoguxmtlkmmm5n2q2otlhnwm5ymqzmmi0ntbmnmu4nmuxzje2ymrjnjhjnzkxndbjmzy0nwsm-iso_36000_raw-400-4998068

À esquerda está o JPEG da câmera, à direita é RAW, convertido com as configurações padrão

E o último exemplo da vida “real” é ISO 81200.

 

nmq0owyzota5n2niodm0mdm2yzaxnwfknwq0oda5mjcxnte2ytvhnjhjmmq0yme0nduzmte4yjgwnjixzdc0zasm-iso_81200_raw-400-2217347

À esquerda está o JPEG da câmera, à direita é RAW, convertido com as configurações padrão

Baixar arquivos RAW (216 MB)

E agora para os frames de teste:

mdbhmjayotfiyty3ymixndqznjkxyzyymze1odlhnzc5mdrhngjhzjq2yjbmzgvizdq1mzgyogq2ytmwnzjloqsm-iso_50-400-2864105

 

mdmyzdliyjlinjrhntvjnwzlmgiyytm5ndg1zta4mwuxotm4njvjytizotfmzmvjmtc1mwe0mgmxm2y4mmy5mwsm-iso_50_crop-400-6365355

ISO 50

zjewywe1ndqzyjrjyjvhndiyntu2zjm4ztblzgu0mza5mjzlntuxytnlnwjlmzflndm1ntq1ymi2ztvmodq0yqsm-iso_100-400-7131281

 

njzimgewmgm1mgriodqxmdbkzjcxm2mwnzkwmzqxn2e4njuxzjvjodewzjuwmtbmndnlnzezytu5mdm0nzi0masm-iso_100_crop-400-6526023

ISO 100

zme0mwqxzjrlodiwyzy0odvhnwe1odi1m2jmmwi5ztfim2jjmtk1mjrlywzhngzjotbimdjhzdjlmdlhndeymasm-iso_200-400-1293521

 

mwzlotu3otaynjfkmzu4mzi1mdhhythlzgy2ywe4zdg4ywfhnmixntuzzdfmytyxzgexmjrkodi0yjzhmjnlyqsm-iso_200_crop-400-6897351

ISO 200

mjkzodq4zdiwyte4yjbjn2m3ztfknwiwmtk4owjhztaxmwi3ogjhmmq2ztjknji1zge5nja5mzc4nmy4ntdjoasm-iso_400-400-5511829

 

nmnlmdaxntkzmgjinzmxnwi0otyyyti5zjixzme4mjdiogqwnwvimzbhmgy1zjlmytm1mze4mgnjnjrhzthhnwsm-iso_400_crop-400-2711117

ISO 400

mmexyzlkztuyntewmgzlnwewodrhy2jjntm1zwe5yzdhywuynzrmmdgyzwyyzje0mthinmfhzwuzytrhyzewzasm-iso_800-400-7995403

 

nmizmta1mjc1nzkynty3m2u3mmi2zjhmztniodrjytq4ntkzyjc0n2yyzmy2nwm4mdy5m2q4odewnwyzm2mxyqsm-iso_800_crop-400-7907107

ISO 800

njbkogninjrhzdrioti3nmu1owy4y2flywzhywrjntjlyzlhnge2yza2mzy3ote2ody1zgfkmwi5yjawmjyxmqsm-iso_1600-400-4573462

 

mmzmotk3otmwyjcxmgi4mtu0ztzkzdmyzmi5odyyzjk5njayztzlytiwztbiyjfmogvkyjixy2nkzmm0zdu5zqsm-iso_1600_crop-400-4032664

ISO 1600

y2zlndzjzjy5mdc3zdewnjjizgrin2e1ntuwzgixmjjinmzjmgnintc4mjk1ntzkzgq1zwyxmje4ntrhn2m5ygsm-iso_3200-400-5963487

 

odbhyjkzmtvizge2mwm0nduwnjayytkyytixzju5owyyn2njy2qwodeyymu4odyxzwviy2rmzjqyywyxzti1nasm-iso_3200_crop-400-9321048

ISO 3200

zmuxztfkyta1mjmxoda0n2y2mjrlzge5nge0ndeyzthjywy3ndgwntzjmjy4ogjjotfhnmu4y2qyyti4zwzknqsm-iso_6400-400-5303066

 

yjbhotflmwfimdzin2zhm2rimmi3odmxnjjjzwq4mddmzdjkmtk1ytdjnwq2mwfjnmizngyzndcyyzdlnzy2mgsm-iso_6400_crop-400-1464142

ISO 6400

mjmwyzliywq4mmyxnwq3zdfkn2nhotbmzji2n2y3nwnlyjbkmjc2ndzjyznmn2fjnty2otvjztvhzjg1ytq2nwsm-iso_12800-400-4297421

 

mzvhyjuynge0ztkxmjayzjy1ogm2owfjmwmxowm4odg0ogzjywnmnwvlodrhndqzzdjhytflzwvmndninzc1zasm-iso_12800_crop-400-8916054

ISO 12800

yju2yjeznzjjngfkzmizmzdizjcxmdk1mzc5nze1n2jlmwfkzwvjzji4ztu3m2e2zdbmztk1odnimmy2mtayoqsm-iso_25600-400-2206959

 

mzk2ztmzothjyznhnzqxndrhnzjlmtq1mjrjmtfmntbhotu3nwy4ytq0zdbhn2i0ogjinzdjzgy4yja2ota1zgsm-iso_25600_crop-400-3722791

ISO 25600

owvlywqxndrjnzuwzme4ywrizjc4nzbjytzmztbmzdk2mtmxzdm2mgq1n2vlymuyymq3mdrkzjq5m2i2zdq2nqsm-iso_51200-400-3785315

 

mdbkzwzkztrhmty5nzzhzdy3nzy5odhhzjnimju2mdu5zge3mgy1yzzhzwiwotzmm2u0yjc3zjm3zdrkowvjzgsm-iso_51200_crop-400-9751097

ISO 51200

zjrmzwjmmtk4mty0ymvlnznmodixmmq1mjizodfmztflmdlkyzg1ntvmngu0mze3ywy1yjg1ywm3nge2zjqyngsm-iso_102400-400-8967506

 

ywfiytixndmxztblodrimtg3zgm1ogyzztvlmjy5njvmzwm4ztywztcwnmzlnzfimdm3zdnkytrjngyxnzewmwsm-iso_102400_crop-400-7080780

ISO 102400

nzcyyjaymge2ndzkodzjnwu1otm2mmjmzte0oda1yzixzmy5ntgzmtzhntu1ndzimmu5zjrjztg2mte1otfhoqsm-iso_204800-400-4540316

 

zwfhzmvlztrkzguzntewmdmzmtcxmgq5oty4zwviztzky2q0owu3mwu5mme0zdq5zjflyjrmowjiymi3ywfmmqsm-iso_204800_crop-400-5778335

ISO 204800

m2nmmzjlotzhytbmmznjmde2ogm0ywu5ngfjzjdkzjmxyjk5zmm5nwu3ytvmzdg1mwjinmvhowuxnjrjmgm1nwsm-iso_409600-400-4651688

 

nty5mdvjngrhztc3zwu5m2fhnwq0odcyndgxytk3ywm3nzbmmzuyyjaynzexoweynty2zddlzty0n2m5ytyzmasm-iso_409600_crop-400-7525465

ISO 409600

mtniywmzzjc4zmezyzbhmta2n2y2zwjioddlntzmztvmmmriogm2mddizde4ywyzywuzmdhmyzu4njewotczyqsm-iso_819200-400-4577139

 

yzu1zjywmgzmmwnim2yxyzrjy2exmwqwndixothlymiyowi0n2y2mde0zja1mtaxymq5ywfhm2rmymjhngnjmgsm-iso_819200_crop-400-5908321

ISO 819200

mzfkzgnizdy3zti5yziwmzu0ytzjmgrlmdizmmvkm2qxn2vmzti5mdk0ymvmzmnmmwe5ndk2mjayztzky2ixzasm-iso_1638400-400-1107169

 

mdhhzjy3n2i1zmyzzdm1ztqxzta1m2izzte2ymyxnzuwzte0n2e4zgzmotg0odbjztq1ndrmngy2mtbmmtvmzasm-iso_1638400_crop-400-8673729

ISO 1638400

nwfkndcxnzvinzu3ytg2mdjizdjmm2qyy2rjnzrmn2rkmwzimme0njmzyjm1mzhknjy2m2nlzdq1zjbinjzjmwsm-iso_3276800-400-5241818

 

ndnlzmrjowm5mjg4ywm3ytaznmjlzgy1ymu2ngi1y2vhowq5mdaynjkxogzlnjzkmja4mwy2ogfinti0ntm0nwsm-iso_3276800_crop-400-6849953

ISO 3276800

Baixar arquivos RAW (501 MB)

Como você pode esperar, os valores mais altos de sensibilidade à luz têm maior probabilidade de “efeito” – a imagem é tão embaçada e distorcida nas cores que não é possível usá-la para trabalhar. Mas, digamos, ISO 51.200 parece ser um valor aceitável para certos tipos de fotografia onde é importante transmitir o momento.

⇡#Filmando

Obviamente, a Nikon D6 não é uma câmera versátil projetada para fotos e vídeos. Essa é exatamente a câmera na qual, segundo as leis do gênero moderno, existe a função de vídeo. Sim, com a ajuda dele você também consegue um vídeo lindo e de alta qualidade, mas para isso, digamos, você tem que dançar com um pandeiro. E, claro, esta não é uma reportagem dinâmica. Acima, já falamos sobre tirar fotos no modo Live View e descobrimos que o contraste do foco automático da câmera não é compatível com o movimento de disparo. Claro, vemos a mesma imagem durante as filmagens. Para que a câmera comece a rastrear um objeto, você precisa mirar nele e selecioná-lo com o botão central do joystick, mas o foco é constantemente perdido e perdido, mesmo ao fotografar cenas bastante calmas.

Baixe o vídeo original (708 MB)

Baixe o vídeo original (361 MB)

A câmera pode gravar vídeo 4K a 30 quadros por segundo (com corte) e Full HD a 60 quadros por segundo – novamente, esses números duplicam o modelo anterior. Você pode conectar um microfone externo e fones de ouvido durante a gravação. Também existe uma saída HDMI Tipo C. O sinal é emitido no formato 4: 2: 2 de 8 bits.

O interruptor de modo para foto e vídeo está localizado na parte de trás da câmera, o botão para ativar a gravação de vídeo está no painel superior. Ela é muito pequena, o que é inconveniente no início, mas com o tempo, é claro, a mão se acostuma a procurá-la às cegas.

Com o Movie Live View, a D6 captura sequências de imagem de 8MP a 30 quadros por segundo e sequências de imagem de 2MP a 60 quadros por segundo. O Rastreamento AE contínuo está disponível em 30fps e 60fps.

Baixe o vídeo original (327 MB)

Baixe o vídeo original (542 MB)

Baixe o vídeo original (291 MB)

⇡#Autonomia

A Nikon D6 usa uma bateria recarregável de Li-ion EN-EL18c (a câmera também é compatível com baterias EN-EL18b / EN-EL18a / EN-EL18). De acordo com o padrão CIPA, com uma única carga, você pode tirar 3.580 fotos ou gravar até 105 minutos de vídeo. Esses são números incríveis, embora seja importante notar que a D5 tem um número ligeiramente maior de disparos possíveis por carga. A vantagem indiscutível do D6 é que ele finalmente oferece carregamento direto via USB, o que, aliás, não é oferecido por seu concorrente direto da Canon. A câmera vem com uma bateria e um carregador duplo.

zwi4m2y5mdrjnty4mduwmwrlmzy2zdu5oweymwyzmjk3zdlhywjmnte1ntmzzdhmoti2m2y5odm2m2u0otblzqsm-cam19-800-4445038

⇡#Conclusão

O sucesso da Nikon D5 anterior foi realmente impressionante, mas as realidades do mercado em rápido desenvolvimento ditam suas próprias regras, e o lançamento de um modelo atualizado na véspera das Olimpíadas parece um passo absolutamente lógico e cuidadoso por parte do fabricante. Ao mesmo tempo, a atualização não pode ser chamada de verdadeiramente impressionante – a Nikon não se atreveu a introduzir nenhuma tecnologia fundamentalmente nova. A nova câmera é o mais semelhante possível à sua antecessora, apenas algumas das características foram aprimoradas, mas, sejamos honestos, elas não causam um “efeito uau” no conjunto, levando em consideração as capacidades das tecnologias modernas.

Apesar do fato de que algumas das principais melhorias foram feitas no sistema de foco automático, ainda há muitas dúvidas sobre isso. A câmera na verdade não está adaptada para fotografia dinâmica no modo Live View devido ao sistema de foco de contraste desatualizado, que seu concorrente mais próximo, a Canon EOS-1D X Mark III, pode se orgulhar. Consequentemente, a Nikon D6 também pode ser usada de forma muito limitada para gravação de vídeo. O foco através do visor provou ser excelente, mas mesmo aqui não estamos lidando com o maior número de pontos AF e com menos cobertura da área do quadro do que o concorrente.

As características de velocidade da câmera também foram ligeiramente melhoradas, mas, talvez, “um pouco” ainda seja a palavra-chave aqui, e não posso julgar inequivocamente o quanto essa mudança realmente ajudará os repórteres profissionais a atingirem um novo nível.

Faz sentido comprar a Nikon D6 se você já possui um modelo anterior? É difícil responder a esta pergunta sem um teste de comparação direta, mas do ponto de vista do senso comum, prefiro responder “não”: as diferenças não parecem tão significativas.

Você deve escolher a Nikon D6 como sua principal ferramenta de trabalho quando se depara com a necessidade de escolher a câmera mais poderosa para a fotografia de reportagem? Se houvesse um concorrente direto da Canon no mercado com especificações mais impressionantes, prefiro optar por ele.

A Nikon D6 pode ser uma escolha lógica para os fotógrafos que trabalham com a marca há muito tempo, têm seu próprio parque ótico, mas não atualizam a câmera há muito tempo ou mudaram as especificações de suas atividades para reportagens profissionais. Neste caso, para não alterar todo o sistema, a compra do D6 parece totalmente justificada.

Apesar de tudo o que foi dito acima, não gostaria de menosprezar as vantagens do dispositivo. A Nikon D6 é uma ferramenta extremamente confiável, capaz de fornecer excelente qualidade fotográfica: possui uma ampla faixa dinâmica, fotografa bem em condições de pouca luz e produz uma bela imagem em JPEG. Seu nicho é bastante específico, mas tem algo a oferecer a um usuário potencial. O sistema de registro, armazenamento, catalogação e transmissão de dados é da mais alta qualidade, e são essas as opções que distinguem o dispositivo desta classe dos modelos mais universais.

Baixar arquivos RAW (1,21 GB)

Vantagens:

  • Desempenho confiável, qualidade de construção, proteção contra intempéries, proteção adicional contra roubo;
  • Excelente sistema de catalogação e transmissão de dados;
  • Bateria de longa duração;
  • Resultado decente ao fotografar em JPEG;
  • Boa faixa dinâmica;
  • Foco automático preciso ao fotografar no modo visor;
  • Trabalhar com cartões de memória CFexpress e XQD de alta velocidade;
  • Ampla faixa de sensibilidade à luz, a capacidade de atirar em luz muito fraca;
  • Uma enorme frota de ópticas compatíveis.

Desvantagens:

  • O modelo é o mais semelhante possível à câmera da geração anterior;
  • Fracas capacidades de disparo no modo Live View, autofoco quase inoperante ao fotografar dinâmicas em fotos e vídeos;
  • Não as características de velocidade mais impressionantes;
  • A câmara é muito grande e pesada;
  • A tela não pode ser girada, o uso da câmera é inconveniente no modo Live View.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *