O Google se recusou a desenvolver jogos exclusivos para o serviço Stadia

O Google anunciou mudanças em sua estratégia para o desenvolvimento de sua plataforma de streaming Stadia, que incluem o fechamento de seus estúdios internos de desenvolvimento de jogos Stadia Games and Entertainment em Los Angeles e Montreal. Em vez de criar jogos exclusivos, o Google pretende se concentrar em oferecer suporte à plataforma de streaming e promovê-la entre desenvolvedores e editores terceirizados.

Imagem: The Verge

O vice-presidente do Google e chefe do serviço Stadia, Phil Harrison, observou que “criar os melhores jogos do zero leva muitos anos e investimentos significativos, e o custo de tais projetos está crescendo exponencialmente”. Ele também anunciou que o Google não vai mais investir na criação de conteúdo exclusivo para o Stadia, e os projetos futuros planejados dos estúdios internos da SG&E serão cancelados. Mas isso não se aplica a jogos que já foram anunciados e cujo lançamento deve ocorrer em um futuro próximo.

O Google está fechando seus estúdios de jogos em Los Angeles e Montreal, muitos dos quais serão transferidos para novas funções na empresa. Já Jade Raymond, chefe do estúdio SG&E, vai deixar a empresa. Anteriormente, o Google planejava usar seus próprios estúdios para desenvolver exclusividades AAA para a plataforma Stadia, que era uma parte essencial da estratégia do serviço. Mas essa mudança de abordagem mostra que o desenvolvimento de jogos de alto nível é muito caro e complicado. Assim, no futuro, o serviço Stadia oferecerá aos usuários os mesmos jogos que podem jogar em outras plataformas – PlayStation 5, Xbox Series X ou PC.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *