As empresas chinesas DeepComputing e Xcalibyte começaram a aceitar pré-encomendas para o primeiro computador portátil do mundo baseado em um processador com arquitetura RISC-V: a novidade se chama Roma.

Fonte da imagem: Xcalibyte

O laptop é voltado principalmente para desenvolvedores que criam e testam software para a plataforma RISC-V. Mas é possível que no futuro laptops baseados em Roma cheguem ao mercado comercial.

O computador é baseado em uma espécie de “sistema em módulo” (SOM), combinando um chip RISC-V com quatro núcleos de computação, um acelerador gráfico e uma unidade de neuroprocessamento (NPU) projetada para acelerar a execução de operações relacionadas à inteligência artificial e aprendizado de máquina.

Está previsto o lançamento dos modelos Roma Pro e Roma Standard com um chip feito respectivamente pela tecnologia de 12 e 28 nanômetros. É importante observar que o host SOM é atualizável.

O dispositivo suporta até 16 GB de RAM LPDDR4/LPDDR4X. Você pode instalar uma unidade de estado sólido de até 256 GB. Trata-se de compatibilidade com a maioria das variantes do Linux.

Você pode pré-encomendar o laptop aqui. Os primeiros cem compradores receberão um token NFT. A entrega do Roma está prevista para o final deste ano.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.