Nightengale, usuário do fórum ResetEra, notou que o livro de história dos videogames do ano passado continha informações sobre por que Metal Gear Solid 4: Guns of the Patriots nunca chegou ao Xbox.

Fonte da imagem: Konami

Lembre-se de que o jogo de ação furtivo cult da Kojima Productions e do designer de jogos japonês Hideo Kojima foi e depois de quase 14 anos após o lançamento permanece exclusivo para o PlayStation 3.

Como o ex-produtor da Kojima Productions, Ryan Payton, lembra em um artigo de Steven Kent, a Konami não tinha nenhum tipo de acordo exclusivo com a Sony.

«Ao contrário da crença popular, a Sony não tinha um acordo exclusivo para o jogo. Se Kojima decidisse portar o jogo para o Xbox 360, seus chefes certamente teriam aprovado, mas ele não estava pronto para fazer a transição”, disse Peyton.

No lançamento de Metal Gear Solid: Legacy Collection em 2013, Kojima explicou que não lançou Metal Gear Solid 4: Guns of the Patriots no Xbox 360 devido à quantidade de dados no jogo ser muito grande para o console americano.

Peyton também disse que a Microsoft tentou lançar MGS 4 no Xbox 360, mas não teve sucesso: “[No devkit do Xbox 360] o jogo parecia tão bom quanto a versão PS3, mas por causa do tamanho de 50 GB, a Konami para lançar a edição do Xbox 360 em meia dúzia de DVDs. A internet iria rir de nós.”

Metal Gear Solid 4: Guns of the Patriots estreou em junho de 2008 no PlayStation 3 e em maio de 2014 vendeu mais de 6 milhões de cópias em todo o mundo. Os jornalistas receberam o jogo com entusiasmo – no Metacritic ele tem 94 de 100%.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.