27 de setembro de 2020

Avalanche Notícias

Você conectado com o mundo

A Sega está interessada em lançar Yakuza Kenzan e Ishin no Ocidente, mas ainda não consegue encontrar um lugar para eles em sua programação.

2 min read

Scott Strichart, produtor sênior da Sega Game Localization, falou ao canal do YouTube Rocket Beans Gaming sobre a probabilidade de Yakuza Kenzan e Yakuza Ishin entrarem no mercado ocidental.

Como um lembrete, Yakuza Kenzan (2008) e Yakuza Ishin (2014) representam desdobramentos da série principal: os eventos desses jogos acontecem não no Japão moderno, mas em diferentes períodos históricos – os séculos XVII e XIX, respectivamente.

Devido às especificidades de Kenzan e Ishin, eles ainda não viram a luz fora de seu Japão nativo, no entanto, como Stricart garante, em um futuro próximo, a situação pode mudar dramaticamente.

«Compreendemos claramente que existem lacunas em nosso catálogo que tanto o [ramo da Sega] japonês quanto o nosso desejam preencher. A única questão é como encontrar um lugar para [esses jogos] nos gráficos ”, disse Stricart.

Segundo o produtor, a editora está tentando manter o equilíbrio entre antigos e novos lançamentos, além de evitar a potencial supersaturação do mercado de videogames.

Lembre-se de que, literalmente, em fevereiro de 2020, a Sega lançou The Yakuza Remastered Collection no PlayStation, que incluía a terceira, quarta e quinta partes da saga do crime, e agora a caminho do lançamento ocidental de Yakuza: Like a Dragon.

Yakuza: Like a Dragon é uma sequência de Yakuza 6: The Song of Life com um novo protagonista e um sistema de combate incomum. O jogo deve ser lançado fora do Japão em 13 de novembro no PC (Steam), PS4 e Xbox One, seguido pelo Xbox Series X e PS5.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *