Algumas semanas atrás, surgiram informações de que o Google estava se preparando para lançar relógios inteligentes de marca. Agora, a gigante de TI confirmou a existência do Pixel Watch. No entanto, o anúncio atual não pode ser chamado de completo, pois o dispositivo não aparecerá no mercado até o outono e o fabricante não revelou todos os detalhes com antecedência.

Fonte da imagem: Google

Em termos de aparência, o Pixel Watch não parece algo surpreendente. O relógio, como esperado, recebeu um mostrador redondo, que é colocado em uma caixa de aço reciclado. Ao lado da roda na lateral do gabinete há um botão físico, que é um dos controles do gadget. Os relógios inteligentes do Google virão com pulseiras intercambiáveis ​​da marca com um sistema de fixação original.

O Pixel Watch executa uma versão “melhorada” do Wear OS 3 com uma “interface de usuário atualizada” que inclui navegação aprimorada e notificações inteligentes. Quanto ao software, a novidade receberá suporte para aplicativos proprietários do Google, e também será totalmente integrado ao sistema de monitoramento Fitbit. O suporte para o recurso SOS de emergência é relatado, o que permite que você entre em contato rapidamente com uma pessoa confiável ou serviço de emergência, se necessário.

Obviamente, o Pixel Watch foi projetado para ajudar o Google a comercializar seu próprio ecossistema. Suporte para aplicativos da marca, como Google Maps, Google Home, Google Assistant, além de integração com a plataforma Fitbit, tornam o aparelho mais atrativo para potenciais compradores. Infelizmente, nesta fase, o Google não divulgou todas as características do gadget, nem anunciou seu preço de varejo. Obviamente, isso será feito mais perto do lançamento oficial ainda este ano.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.