Engenheiros europeus do projeto AUDROS (AUtonomous DROne System) da Agência Espacial Europeia propuseram uma solução que ajudará a combater drones de reconhecimento ou veículos de correio ilegais sem derrubá-los, mas capturá-los usando um veículo maior.

Fonte da imagem: newatlas.com

O sistema foi implementado a exemplo do octocóptero Eagle One, desenvolvido pela empresa checa Fly4Future, e a base de carregamento para drones construída pelo polonês Dronehub. Quando um drone de reconhecimento é detectado, o Eagle One decola de forma autônoma, aproxima-se do local de sua detecção, pairando sobre ele e lança uma flecha da qual desce um cabo forte. O cabo emaranha os parafusos do drone “inimigo”, como em uma rede, mas não cai no chão, mas permanece pendurado no dispositivo que o capturou até que ele retorne à base.

O Eagle One possui duas lanças a bordo, de modo que o dispositivo não pode capturar mais de dois carros em um voo. O sistema concluiu recentemente com sucesso os testes na República Tcheca com o apoio do Departamento de Correções – drones são frequentemente usados ​​para transferir contrabando para prisioneiros em colônias. BizGarden e GINA Software também estão entre os parceiros do projeto AUDROS.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.