A Seagate revelou planos para trazer discos rígidos de gravação magnética aquecida (HAMR) de segunda geração para o mercado, com unidades de 30 TB que devem estar disponíveis nos próximos doze meses.

Fonte da imagem: Seagate

A técnica HAMR ou Heat-Assisted Magnetic Recording sugere um novo método de gravação magnética, que permite reduzir o tamanho da área magnética que armazena um bit de informação e aumentar a densidade de bits. Durante o processo de gravação, um pequeno diodo laser montado em cada cabeça aquece brevemente uma pequena área do prato. O processo de aquecimento e resfriamento leva nanossegundos, enquanto o próprio drive mantém a estabilidade magnética e térmica.

De acordo com os planos anunciados, a Seagate lançará unidades HAMR de segunda geração com capacidade de 30 TB até meados do próximo ano. Na virada de 2024-2025 Unidades de 40 TB devem aparecer e, até 2026, planeja-se criar dispositivos capazes de armazenar 50 TB de informações ou mais.

É verdade que, como observam as fontes da rede, o custo dos discos rígidos feitos com a tecnologia HAMR de segunda geração será muito alto. Portanto, seu escopo principal será sistemas e data centers de classe empresarial.

Note-se também que até o final deste ano, a Seagate lançará discos rígidos de servidor de 30 TB feitos usando a tecnologia tradicional de gravação magnética (CMR).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.