21 de abril de 2021

Avalanche Notícias

Você conectado com o mundo

Gamereactor: A NVIDIA deixará de distribuir processadores para Switch este ano. Qual é o próximo?

2 min read

Notícias e rumores sobre a próxima versão do Nintendo Switch estão ganhando força rapidamente após o anúncio da Bloomberg de um acordo entre a empresa japonesa e a Samsung sobre o fornecimento de painéis OLED de 7 polegadas. Testando os rumores, um informante do Gamereactor descobriu que a NVIDIA pretende interromper a produção do SoC que alimenta o Nintendo Switch este ano.

Tanto o modelo regular quanto o menor e mais barato Switch Lite são equipados com o mais recente NVIDIA Tegra X1 Mariko. Uma fonte disse ao Gamereactor que a NVIDIA eliminará o processador em 2021, mas não foi capaz de descobrir o que a empresa japonesa está planejando a seguir ou o que acontecerá com as versões atuais do sistema de jogos.

O anúncio é consistente com os rumores que circulam nas redes sociais e fóruns de que a Nintendo lançará um novo modelo de Switch ainda este ano. O ex-funcionário da Kotaku, Imran Khan, escreveu no ResetEra: “Espere que isso aumente o FPS e a resolução em primeiro lugar, em vez de um Switch 2 completo. Pense Pro em vez de Super.” Ele também espera vazamentos iminentes, já que muitos desenvolvedores já receberam kits de teste para rodar seus jogos em um sistema mais poderoso.

Outra fonte bastante confiável de informações sobre produtos não lançados, conhecida pelo pseudônimo NateDrake, acrescentou no mesmo tópico do fórum que a versão atualizada do Switch ainda receberá algumas exclusividades selecionadas, especialmente de terceiros. Segundo ele, podem não ser tantos, mas ele conhece pelo menos um jogo que não será lançado na atual geração do Switch.

Em fevereiro, o presidente da Nintendo, Shuntaro Furukawa, disse durante uma teleconferência que a empresa não tinha planos de anunciar novos consoles “tão cedo”. Muitos chamaram a atenção para esta formulação: no ano passado, ele disse sem rodeios que o novo Nintendo Switch não chegaria ao mercado em 2020.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *