24 de setembro de 2020

Avalanche Notícias

Você conectado com o mundo

O mercado de tablets na Europa disparou em um quarto e apresentou os melhores resultados em sete anos

1 min read

A International Data Corporation (IDC) registrou um crescimento sem precedentes na demanda por tablets na região EMEA (Europa, incluindo Rússia, Oriente Médio e África) no segundo trimestre deste ano.

No período de abril a junho, inclusive, 11,9 milhões de comprimidos foram vendidos no mercado EMEA. Isso é quase um quarto – 23,8% – a mais em relação ao segundo trimestre de 2019, quando os embarques foram iguais a 9,6 milhões de unidades. Assim, registrou o aumento mais expressivo desde 2013.

Esse salto tão acentuado nas vendas é explicado pela influência da pandemia: nas condições de auto-isolamento, teletrabalho e aprendizagem remota, os usuários exigiam dispositivos de computador adicionais.

A Samsung é o maior player de tablet na região EMEA, com uma participação de 28,3%. Em segundo lugar está a Apple – 21,5%, e a Huawei fecha as três primeiras com 15,0%. Lenovo e Amazon seguem com 12,1% e 3,8%, respectivamente.

Assim, as cinco empresas nomeadas controlam mais de 80% do setor. Todos os demais fornecedores do último trimestre ocuparam juntos 19,3% do mercado.

Em 2020, os analistas prevêem que aproximadamente 45,0 milhões de tablets serão vendidos na região EMEA no total. Se essas expectativas forem atendidas, o crescimento em relação a 2019 será de 3,7%.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *