A International Data Corporation (IDC) publicou os resultados de um estudo sobre o mercado global de tablets no segundo trimestre deste ano. Segundo estimativas, os embarques permaneceram no patamar do segundo trimestre de 2021.

De abril a junho, inclusive, aproximadamente 40,5 milhões de gadgets foram vendidos globalmente. Para efeito de comparação: um ano antes, os embarques foram de 40,4 milhões de unidades. Assim, o IDC registou um aumento muito ligeiro – cerca de 0,15%.

Analistas observam que as entregas no último trimestre superaram as expectativas. Isso se deve em parte à boa demanda por aparelhos dos fornecedores chineses Xiaomi, Oppo, Vivo e Realme.

Fonte da imagem: IDC

O maior player no mercado global de tablets é a Apple com uma pontuação de cerca de 31,0%. A Samsung está em segundo lugar com 18,1%, e a Amazon fecha os três primeiros com 13,6%. Os cinco primeiros também incluem Lenovo e Huawei, que controlam 8,7% e 5,3% da indústria, respectivamente. A participação total de todos os outros jogadores foi de 23,3%.

Ressalta-se que entre os fornecedores listados de embarque de tablets na comparação anual, apenas a Amazon conseguiu aumentar – mais 26,9%. Todas as outras empresas entre as cinco primeiras ficaram no vermelho.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.