Em junho, a Toshiba realizará sua próxima reunião de acionistas, então ativistas entre os grandes investidores estão tentando persuadir a administração da corporação a privatizar. Parece que o gelo ainda está quebrado, pois esta semana a Toshiba anunciou um acordo com a Nomura Securities para buscar possíveis compradores para os ativos da corporação.

Fonte da imagem: Toshiba

Nos últimos anos, os investidores estrangeiros da Toshiba vêm gradualmente ganhando força na tentativa de promover uma abordagem ocidental da administração, e a recente e repentina mudança de pessoal na administração da corporação pode ser considerada o resultado desses esforços. O plano de reestruturação com a divisão da empresa em duas partes não encontrou apoio dos acionistas, e agora a nova administração está tentando encontrar uma opção de compromisso para o desenvolvimento estratégico da Toshiba, que atenda aos grandes investidores.

A Nomura Securities também considerará a possibilidade de privatização com a participação de grandes investidores. Esta saída da crise já foi repetidamente proposta antes, mas por inércia esbarrou na oposição do conselho de administração. A administração da Toshiba teme, com razão, que a venda dos ativos da empresa a investidores estrangeiros seja difícil devido à presença na estrutura da corporação de divisões envolvidas em ordens de defesa e atividades na área de energia nuclear. É por isso que muitos especialistas sugerem que a empresa procure investidores dentro do Japão para simplificar a coordenação da privatização com as autoridades do país.

No mês passado, o maior investidor institucional da Toshiba, Effissimo Capital Management, já celebrou um acordo preliminar com a Bain Capital para vender sua participação no capital de uma empresa japonesa no caso de uma privatização envolvendo esta última. Notícias sobre a busca de participantes na privatização da Toshiba hoje provocaram um aumento no preço das ações da corporação no mercado japonês em quase 5%.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.