A espaçonave Boeing CST-100 Starliner pousou com sucesso no Novo México (EUA) hoje às 1h49, horário de Moscou. O voo de um módulo tripulado sem tripulação como parte da missão Orbital Flight Test-2 ocorreu para implementar o Programa de Tripulação Comercial da NASA.

Fonte da imagem: NASA

O módulo de aterrissagem de pára-quedas pousou com sucesso em seis airbags especiais. Segundo a NASA, os dados obtidos durante o voo de teste contribuirão para a certificação do navio de uma empresa privada pelos órgãos reguladores governamentais para o transporte seguro de pessoas.

O lançamento do navio para a ISS ocorreu em 20 de maio em um foguete Atlas V da United Launch Alliance. Esses foguetes com motores russos RD-180 servirão para levar o Boeing CST-100 Starliner ao espaço até aproximadamente 2030. Em 21 de maio, o navio atracou na ISS em modo automático.

A primeira tentativa de realizar um voo de teste foi feita pela Boeing em 2019, mas o dispositivo não conseguiu atingir uma determinada órbita devido a problemas de software. Agora tudo correu bem, mas os desenvolvedores terão que resolver algumas nuances.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.