A Akasa anunciou o gabinete Maxwell Pro Plus, projetado para construir computadores desktop sem ventoinha em uma placa-mãe Mini-ITX.

Fonte da imagem: Akasa

A novidade é feita de alumínio anodizado preto. Os lados com nervuras atuam como um dissipador de calor para dissipar o calor. As perfurações são fornecidas na área superior, o que garante a ventilação do espaço interior. O design inclui um bloco térmico do processador com quatro tubos de calor. Durante a operação, o sistema não produzirá absolutamente nenhum ruído.

O desenvolvedor observa que o gabinete é ótimo para acomodar processadores Intel da geração Alder Lake (LGA 1700) com TDP de até 65 watts. Mas outros chips podem ser usados, em particular, Intel 1151/1200 e AMD AM4.

A solução mede 280 x 209 x 110 mm e pesa aproximadamente 3,0 kg. Há espaço suficiente no interior para acomodar duas unidades de 2,5 polegadas.

O painel frontal tem duas portas USB 3.2 Gen1 Tipo A e USB 2.0 Tipo A. Há slots na parte traseira para duas portas seriais e uma antena sem fio Wi-Fi.

O preço estimado do Akasa Maxwell Pro Plus é de € 195.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.