Muitas montadoras estão investindo ativamente em ativos estrategicamente importantes, pois a transição para tração elétrica e piloto automático requer acesso a tecnologias modernas que levariam muito tempo para serem desenvolvidas internamente. O coreano Hyundai Motor Group criará uma unidade de investimento especial para entrar no mercado norte-americano.

Fonte da imagem: Hyundai Motor

De acordo com a Business Korea, que combina Hyundai Motor, Kia Corp e Hyundai Mobis, a empresa sul-coreana anunciou sua intenção de criar uma unidade de investimento na jurisdição dos EUA com o nome provisório de HMG Global. Os sócios estão comprometidos em investir aproximadamente US$ 1,1 bilhão na nova empresa, metade dos quais serão compensados ​​com uma participação de 50% na Boston Dynamics, agora de propriedade da Hyundai Motor e Hyundai Mobis. Os acionistas da HMG Global dividirão o capital da seguinte forma: a Hyundai Motor controlará 49,5%, a Kia Corporation ficará com 30,5% e a Hyundai Mobis receberá os 20% restantes.

A principal tarefa da nova divisão será facilitar o acesso de empresas coreanas que operam sob a asa da Hyundai Motor a investimentos nos ativos de desenvolvedores americanos de tecnologias promissoras. A gigante automobilística coreana já anunciou sua intenção de investir US$ 10,5 bilhões em projetos nos Estados Unidos. Os recursos serão usados ​​para desenvolver a produção de veículos elétricos e baterias de tração no estado da Geórgia, os coreanos gastarão outros US$ 5 bilhões em desenvolvimentos na área de robótica, aeronaves elétricas e softwares para automação de veículos. A joint venture está prevista para ser estabelecida em agosto deste ano. Além de comprar o desenvolvedor avançado de robôs Boston Dynamics, os investidores coreanos já formaram uma joint venture de US$ 4 bilhões com os desenvolvedores de piloto automático Aptiv.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.