A assembleia de acionistas do Twitter ainda não determinou o destino do acordo de Elon Musk, mas ainda se preocupa com a proporção de contas falsas. Além disso, o bilionário acredita que a probabilidade de recessão na economia é bastante alta e alerta para a necessidade de cortar até 3,5% do quadro de funcionários da Tesla.

Fonte da imagem: Envolva Tesla

Elon Musk tentou dar respostas a perguntas candentes como parte de sua participação na conferência do Qatar Economic Forum, organizada pela Bloomberg. Em primeiro lugar, como explica a Reuters, o chefe da Tesla e potencial comprador do Twitter está preocupado com a proporção de contas fictícias na base diária de utilizadores ativos desta rede social. “Ainda estamos esperando uma solução para esse problema e é muito importante para nós”, admitiu Musk. Lembre-se de que ele questiona sua própria avaliação do Twitter, segundo a qual a proporção de contas falsas não ultrapassa 5% da audiência diária de usuários ativos.

A segunda questão com a qual Musk está preocupado no contexto da preparação do acordo é a capacidade de levantar a quantidade necessária de fundos emprestados para comprar ativos do Twitter. A terceira questão mais importante é o momento do voto dos acionistas da empresa a favor ou contra sua privatização.

Falando sobre a situação da economia global, Elon Musk admitiu que, no curto prazo, é mais provável que ocorra uma recessão. Ao mesmo tempo, ele não pode falar com confiança sobre a inevitabilidade do início de uma recessão, mas avalia sua probabilidade como bastante alta.

O chefe da Tesla acrescentou que nos próximos três meses a empresa terá que cortar até 10% do pessoal que recebe um salário fixo, mas o total de funcionários deste não diminuirá mais de 3,5%. O próprio Musk não está inclinado a considerar tais mudanças significativas. Sabe-se de fontes de terceiros que os funcionários da Tesla com pagamento por hora, mas não na produção, mas na logística e nas vendas, também foram cortados. Alguns dos funcionários demitidos já começaram a processar a Tesla por violar os procedimentos de rescisão porque não receberam aviso prévio de 60 dias.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.