No último domingo, o bilionário Elon Musk anunciou no Twitter que sua empresa The Boring Company se envolverá nos próximos anos em um projeto para construir um sistema de transporte de alta velocidade Hyperloop, cujo conceito ele esboçou em 2013. Assim, Musk reagiu à publicação da classificação das cidades com pior situação de trânsito.

Fonte da imagem: chatcompany.com

O chefe da Boring disse que o Hyperloop, como outros sistemas de transporte subterrâneo, também será imune às condições climáticas, como furacões. Este é um ponto discutível, pois há evidências de sistemas subterrâneos sendo inundados por furacões. Por exemplo, quando o furacão Sandy atingiu a costa leste dos EUA em 2012, o metrô de Nova York foi inundado. Desde então, a gestora instalou gateways em 68 estações de metrô e PATH em Lower Manhattan.

Fonte da imagem: Twitter

Musk também observou que o Hyperloop é o transporte mais rápido para viagens em distâncias relativamente curtas, até 2.000 milhas ou cerca de 3.200 km. Para viagens de longa distância, a nave estelar seria preferível, que Musk planeja usar não apenas para voos espaciais, mas também como um transporte muito rápido na Terra.

A Boring Company foi fundada em 2016. Na semana passada, a empresa concluiu uma rodada de financiamento bem-sucedida da Série C, levantando US$ 675 milhões, trazendo à The Boring Company um valor de mercado de US$ 5,675 bilhões. Liderada por Vy Capital e Sequoia Capital, com participação de Valor Equity Partners, Founders Fund, 8VC, Craft Ventures e DFJ Crescimento. Também participaram da rodada de financiamento as empresas de investimento imobiliário Brookfield, Lennar, Tishman Speyer e Dacra.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.