Ontem as agências de notícias informaram que uma subsidiária da General Motors está se preparando para iniciar a operação comercial completa de táxis sem motorista nas ruas de São Francisco, e hoje um comunicado de imprensa já apareceu no site Cruise anunciando que a empresa recebeu permissão oficial de autoridades locais para realizar esse transporte. A Cruise ultrapassou os concorrentes ao entrar no mercado de transporte autônomo de passageiros nas principais cidades dos EUA.

Fonte da imagem: Cruzeiro

Naturalmente, a Califórnia foi pioneira em testes de piloto automático para veículos terrestres nesse sentido, mas até agora nenhuma empresa conseguiu obter aprovação para a operação comercial de veículos autônomos sem motorista na cabine. Alguns dos concorrentes da Cruise há muito tempo transportam voluntários pelas ruas das cidades americanas, mas em muitos casos, os testadores devem estar no carro e os clientes não podem pagar as tarifas. Cruise, nesse sentido, foi o primeiro a abordar um futuro em que os táxis se movimentariam sem intervenção humana.

A permissão da Comissão de Serviços Públicos da Califórnia abre uma nova página na história do desenvolvimento do transporte de passageiros – Cruise tem o direito de cobrar dos clientes por seus serviços. A rede de rotas em São Francisco se desenvolverá gradualmente, porque é sabido que os sistemas de controle automático só se sentem confiantes em um ambiente bem estudado. Cruise enfatiza que foi só no outono passado que o CEO Kyle Vogt fez o primeiro teste em um táxi sem motorista, e os testes com o envolvimento de voluntários começaram em fevereiro deste ano. O concorrente Waymo ainda está executando seu serviço na Califórnia em uma base de teste que não cobra dos clientes, mas muitos outros passeios de teste foram feitos no Arizona.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.